Apéndice A

Veículo de Transporte de Cristal de Dupla Terminação para Teletransportação Sensorial e a Demonstração da Viagem no Tempo do Poder do 19

Veículo De Transporte No Tempo

É necessário demonstrar grafica e matematicamente o que é possível fazer de acordo com a nova ciência e com o conhecimento de maneira a concretizar a visão da evolução futura da humanidade.

É necessário demonstrar grafica e matematicamente o que é possível fazer de acordo com a nova ciência e com o conhecimento de maneira a concretizar a visão da evolução futura da humanidade. Este é o único propósito de apresentar o veículo de transporte cristal de dupla terminação.

A forma cristalina visualizada provê a forma real do transporte telepático, o alinhamento dos cinco chacras, como geometrias florais projetivas radiativas servem de ‘motor” para o veículo de transporte. A habilidade da visualização precisa ser igualada pela experiência sensorial e a visualização de cada um dos cinco centros biopsíquicos principais dentro do corpo coordenado com as funções sensoriais e o veículo cristal de transporte. A habilidade e disciplina são uma função de viver livre e completamente na freqüência de tempo 13:20, que até este ponto somente pode ser uma idéia. Todavia, sem o conhecimento deste ideal, o avanço desde a situação atual, da aberração do 12:60 seria impossível.

O que é mais importante de notar neste momento é a perfeição da forma cristal de dupla terminação como uma projeção pura do código matemático 0-19 completo.

Um cristal de dupla terminação tem 18 faces: seis em cada terminação (=12) e seis faces no corpo (6+12=18). Se uma ponta é de carga positiva e a outra negativa, então três lados do corpo são positivos e três negativos. Então há nove faces positivas e nove negativas. A polaridade positiva-negativa cria uma simetria numérica binária complementar radial, estabelecendo uma dinâmica energética inerente entre as diferentes faces. Cada face é codificada por um número, começando por “1” no ponto negativo, seguido por “2” na posição complementar do ponto positivo. Quando as primeiras faces de cada uma das terminações estiverem completadas (1-6), as três faces de cada lado do corpo são projetadas no mesmo padrão binário (7-12). Então o processo retorna para as terminações a fim de completar as faces 13 a 18. Há quatro conjuntos discretos de faces: as duas terminações e os dois lados do corpo. A soma da codificação matemática das duas terminações (54-60) é igual a 114, que é fator de 19 (x6 ). A soma do código matemático dos dois lados do corpo (27,30) é 57, também conduz o fator chave, 19 (x3), e isso faz (171) dos quatro conjuntos, 19 (x19).

Isto demonstra as matemáticas radiais do “fator mais um”, onde a soma do arranjo tem como fator um número maior do que o maior número do arranjo. Ao trabalhar com a matemática real da forma cristal de dupla terminação o fator “mais um” conduz ao 19= (18+1). Isto significa que 19, o máximo número potencial, está implícito na perfeição da forma do cristal de dupla terminação, enquanto o “0” é o eixo indivisível que provê as possibilidades simétricas radial e binária.

“Tudo é número, Deus é um número, Deus está em tudo”postulado 19:13

 

Scroll to top