Capítulo 10

Selo 10 Cão BrancoPrincípios da Reestruturação Harmónica da Ordem Sincrónica

Postulado 10.1
A reestruturação harmônica da ordem sincrônica refere-se ao processo da correção ou reforma de uma série de alterações e disfunções do tempo artificial 12:60 que vão de lixos tóxicos e nuclear até programas de guerra, violência e desordens social e pessoal.
Postulado 10.2
Alterações do nível celular atômico representa reformas do circuito CA e a restauração da ordem cristalina formal; alterações e reformas de natureza social representam reformas do circuito AC e a restauração da ordem genética orgânica.
Postulado 10.3
Toda a desordem e adulterações são disfunções do processo unitário biogeoquímico.A reestruturação harmônica da ordem sincrônica é uma aplicação especial do T(E)=Arte, na qual o teletransporte sensorial é aplicado como uma transdução biogeoquímica e resulta na restauração do sistema inteiro da bio-homeostase.
Postulado 10.4
A restruturação harmônica da ordem sincrônica através das transduções biogeoquímicas são casos especiais de exercícios de teletransporte sensoriais nos quais a geometria da onda encantada do pulsar do tempo é utilizada conscientemente para reverter o giro atômico e molecular.
As potencialidades do vetor tempo são coordenadas de dentro do banco psi e localizadas biogeoquimicamente dentro de um campo telepático.
Utilizando técnicas de teletransporte sensorial coletivo, uma adulteração particular pode ser “dissolvida” de volta à sua condição original de potencialidade não existente e /ou liberada como radiância atmosférica.
Postulado 10.5
O giro quadridimensional é anti-horário.
O giro tridimensional é no sentido horário.
Na geometria pulsar, as Harmônicas Celestiais são a coordenação das potencialidades do vetor tempo sobre uma duração limitada na qual a geometria é pulsada “para trás” ou ao contrário dos ponteiros do relógio através do tempo.
Telepaticamente este movimento inverso através do tempo é coordenado como giro no sentido horário das estruturas atômicas e moleculares do objeto em restauração e um giro inverso induzido mentalmente é gerado, neutralizando ou mesmo apagando a adulteração ou ordem negativa.
Postulado 10.6
A restauração da bio-homeostase da espécie completa – a correção dos padrões sociais coletivos desequilibrados, inclusive das formas virulentas de doenças – pode ser também executada como formas de transdução biogeoquímica onde a reestruturação harmônica da ordem sincrônica envolve os exercícios de teletransporte sensorial dentro da estrutura do DNA como está codificado no banco psi.
Postulado 10.7
O mesmo princípio da rotação atômica molecular reversa das enzimas, vírus e formas de bactérias é utilizado para a reestruturação da ordem sincrônica das funções orgânicas genéticas.
Postulado 10.8
Em geral, o princípio da reversão da rotação das formas adulteradas é uma necessidade evolutiva requerida pelos comandos das harmônicas mais elevadas do Cérebro Galáctico.
Não pode haver evolução sem a reforma dos elementos e das ordens adulteradas por procedimentos operativos controladores errôneos.
Postulado 10.9
Não pode haver qualquer reestruturação harmônica da ordem sincrônica que não termine num amplo aperfeiçoamento estético.
T(E)=Arte define todos os processos de reestruturação harmônica como atividades da Rede de Arte Planetária (RAP) .
Postulado 10.10
A atividade da RAP (PAN) é uma probabilidade evolutiva que aumenta com a aplicação da Lei do Tempo.
A cultura galáctica é a soma das probabilidades aumentadas ou novas normas estéticas induzidas pela reestruturação harmônica da ordem sincrônica.
Postulado 10.11
A reestruturação harmônica da ordem sincrônica é estética múltipla: as reestruturações genéticas-atômica-celular são intrinsecamente estéticas; as técnicas e as Harmônicas Celestiais de reestruturação são, por concepção, estéticas; as formas sociais requeridas para desenvolver as técnicas são biologicamente estéticas.
Pela lei T(E)=Arte, a RAP encampa tudo como uma ordem de sistemas completos elevando a consciência instintiva a ordens telepáticas de consciência contínua e superconsciência.
Postulado 10.12
A reestruturação harmônica da ordem sincrônica é pré-requisito para a criação dos anéis circumpolares e para a restauração do sistema de tubo de fluxo interplanetário.
As funções cromáticas restaurativas do tempo são funções sociais e também telepáticas e mentais.
A restauração consciente da biosfera cria uma ordem social harmônica cujos padrões quadridimensionais assemelham-se à ordem orgânica reestruturada harmonicamente.
Postulado 10.13
As reestruturações harmônicas da ordem sincrônica são funções da transição biosfera–noosfera.
Seguindo o experimento da Ponte do Arco-Íris Circumpolar, a telepatia resultante da ordem harmônica da RAP se conecta conscientemente ao Cérebro Galáctico.
O desenvolvimento da semente de Arte Planetária é depois disso um desdobramento evolutivo natural da regeneração telepática superconsciente contínua que governa a completa unificação noosférica de todas funções biosféricas.

 

Scroll to top