Capítulo 13

Selo 13 Caminhante do Céu VermelhoTransporte no Tempo de Corpo Inteiro

Postulado 13.1
No Domínio do Tempo, tudo vem de um senso natural de abertura para o agora.
A inteligência superior não reside em lugar algum a não ser no agora.
No agora é a experiência sincrônica da união da entidade tridimensional com sua duplicata do hólon quadridimensional ou personalidade alternativa.
Postulado 13.2
O transporte no tempo do corpo inteiro é a capacidade de estender-se através do agora em direção ao superconsciente contínuo.
Este é alcançado através da projeção holográfica total cuja qualidade é proporcional à intensidade e integridade da personalidade quadridimensional alternativa para incorporar a sensação corpórea interna tridimensional usualmente referida como “eu” (“self”).
Postulado 13.3
Além do teletransporte sensorial imaginativo, o transporte no tempo de corpo inteiro é a capacidade para a entidade tridimensional de experimentar “deslocamento” ou o funcionamento coordenado em dois lugares ao mesmo tempo.
Isto somente é possível por causa do desenvolvimento da personalidade alternativa quadridimensional e de sua capacidade de integrar a sensação corpórea interna da terceira dimensão do “eu” (“self”).
Postulado 13.4
O transporte no tempo de corpo inteiro envolvendo “deslocamento”, funcionamento coordenado em dois lugares ao mesmo tempo, é o pré-requisito para viajar pelo tubo do fluxo e para o estabelecimento das Harmônicas Celestiais interplanetárias na preparação para 2013 DA.
Postulado 13.5
Uma vez que a entidade tridimensional tenha praticado com sucesso o transporte no tempo de corpo inteiro em base individual através de veículos de forma de geometria projetiva radiativa do cristal, ela pode se juntar com outros para praticar a exploração temporal coletiva de corpo inteiro do sistema de tubo de fluxo interplanetário ou túneis do tempo.
Postulado 13.6
O plexo solar provê o local de partida e de retorno para o corpo tridimensional para o “deslocamento” da personalidade alternativa do hólon.
O deslocamento é experimentado internamente como uma “mudança de fase”, uma bifurcação da consciência contínua na qual as atividades da personalidade alternativa são percebidas pelo organismo hospedeiro como um sonho lúcido ou uma forma de ventriloqüismo telepático.
Postulado 13.7
A personalidade alternativa engrenada com outras personalidades alternativas entram no tubo do fluxo que esta conectado pela projeção dos elétrons mentais e dos elétrons-neutrons mentais (cultivados através da criação do Heptágono da Mente/Parton Cúbico Primário).
A interação do padrão dos elétrons-neutrons mentais focalizados dentro do campo eletromagnético do sistema de tubo de fluxo estabelece uma configuração de onda que proporciona o meio de transporte para a “tripulação” telepática de viajantes do tempo.
Postulado 13.8
A capacidade de agregação de personalidades alternativas para manter um campo mútuo é proporcional à equanimidade dos corpos hospedeiros uns em relação aos outros.
Postulado 13.9
A atividade de agregação de personalidades alternativas é determinada pela concordância coletiva dos corpos hospedeiros no objetivo da viagem no tempo.
Postulado 13.10
A natureza da exploração interplanetária depende da realização dos rearranjos de nível mais alto da ordem sincrônica requeridos pela variabilidade dos padrões das harmônicas estelares refletidas nas freqüências orbitais dos planetas entre si.
Postulado 13.11
As formas eletrônicas mentais quadridimensionais das personalidades alternativas dentro da geometria de seus veículos telepáticos de transporte no tempo têm como seu objetivo os ajustes das freqüências orbitais.
O esforço combinado de fazer estes ajustes orbitais são experimentados como episódios das seqüências evolutivas interplanetárias da semeadura da vida por processos de forma galáctica até aqui desconhecidos.
Postulado 13.12
O modelo da experiência das personalidades alternativas ao ajustar a ordem sincrônica do campo interplanetário do heliocosmo local é refletido nos ajustes tridimensionais no planeta hospedeiro.
Estes ajustes no planeta hospedeiro atingem, para a conclusão da abertura padronagem, circuito AC, uma metade (16 códons) dos quais foi completada, antes do ciclo histórico, a outra metade (16 códons), os quais somente poderiam ser completados depois que o CA tivesse sido transmutado de Civilização Avançando (CA) para Advertência Cósmica (AC) (2000 DA, ejeção da Ponte do Arco-Íris Circumpolar).
Postulado 13.13
A realização espiritual objetivando facilitar o deslocamento abre-se para o super- consciente Psicozóico e para o desenvolvimento de formas duplicadas de arquitetura radiosônica.
Uma forma de arquitetura radiosônica é cultivada através do desenvolvimento dos veículos de transporte no tempo; formas análogas ou complementares para “ancorar” os veículos de transporte no tempo são criadas de dentro da matriz social-biosférica da simples e altamente sedentária cultura da semente de arte planetária evolutiva.

 

Scroll to top