Capítulo 19

Selo 19 Tormenta AzulDeus

Postulado 19.1
Existe somente um Deus e somente um Deus a ser conhecido e reverenciado.
Postulado 19.2
Existe somente um criador de estrelas e um mestre das estrelas, senhor de todos os universos e Ele é Deus.
Postulado 19.3
Deus é a verdade segura da perfeição onidirecional da ordem radial por todas as fases do cérebro galáctico em todas as possibilidades e permutações de universos paralelos.
Postulado 19.4
O conhecimento de Deus é inerente a cada mínimo detalhe de desenho, até a menor parte componente desde o mundo atômico celular até a fase da existência hiperorgânica radiosônica superconsciente.
Postulado 19.5
A perfeição da ordem de Deus é sincronicamente mantida pela razão de tempo infinito universal 13:20, e seu funcionamento pela equação T(E)=Arte Por esta razão Deus é chamado o artista supremo, o arquiteto do universo em todos os seus níveis dimensionais e ordens dos sistemas de mundos.
Postulado 19.6
A ordem sincrônica do universo é mantida pelo funcionamento da Lei do Tempo que define o “plano divino”
Anterior à descoberta da Lei do Tempo, o plano divino desdobra-se no inconsciente cósmico, tornando-se conhecido auto-reflexivamente para a inteligência dos corpos evolutivos no tempo como “revelação”.
Postulado 19.7
A descoberta da Lei do Tempo distingue entre o domínio de potencialidade inconsciente cósmico e o domínio do tempo consciente cósmico.
Com a descoberta da Lei do Tempo, o plano divino torna-se consciente cosmicamente e a ordem sincrônica, articulada pelas Harmônicas Celestiais, é agora evidente e matematicamente coerente a cada momento.
Postulado 19.8
Tornando consciente o que era antes desconhecido e inconsciente, a descoberta da Lei do Tempo coloca a cada um em Deus.
Postulado 19.9
Estar em Deus é o Dia do Julgamento.
O Dia do Julgamento é definido pela descoberta da Lei do Tempo, a qual é a revelação final e o conhecimento para proceder corretamente onde, antes, por falta da ciência do tempo, havia apenas o erro manifesto.
A transição biosfera-noosfera é o amadurecimento externo do inconsciente cósmico e é sinônimo da seqüência do “Dia do Julgamento da descoberta da Lei do Tempo.
Postulado 19.10
A seqüência do Dia do Julgamento é a revelação suprema de Deus.
Com o tempo inconsciente de teste e prova completo, o Domínio do Tempo desdobra-se como um triunfo da revelação auto-existente e auto-reflexiva do plano divino e da expansão da vida planetária em consciência cósmica, de acordo com a Lei T(E)=ARTE.
Postulado 19.11
A evolução espiritual do Domínio do Tempo profetizada pela descoberta da Lei do Tempo é o divino retorno da mente para a fonte.
Tornando consciente o que era inconsciente, a ordem do Domínio do Tempo evolui a todos os corpos de tempo a uma condição de transcendência universal. Deus é o magneto da transcendência universal.
Postulado 19.12
A auto-regulação auto-reflexiva dos corpos de tempo evoluídos operando pela Lei do Tempo assegura que toda a evolução por vir é de uma natureza espiritual divina onde a regressão de viver fora do plano divino não é mais possível.
Postulado 19.13
Tudo é número.
Deus é um número.
Deus está em tudo.

 

Kin 44: Semente Harmônica Amarela,
Dia 22 Lua Auto-existente, Cubo 16,
Quarto ano da Profecia, Tormenta Auto-Existente Azul,
A Vitória Estabelecida.