Capítulo 3

Selo 3 Noite AzulA Natureza Holonômica do Cérebro Galáctico Incorporada na Natureza Evolutiva da Massa Estelar, Inclusive dos Corpos Planetários

Postulado 3.1
O Cérebro Galáctico, o nome dado à ordem do sistema global do tempo e da consciência, é holonômico, governado por um princípio unitário simples, a Lei do Tempo, T(E)=Arte
Esta ordem holonômica está incorporada na natureza evolutiva da massa estelar, incluindo também seus corpos planetários.
Postulado 3.2
A natureza holonômica do Cérebro Galáctico implica que qualquer massa estelar, incluindo seus corpos planetários, participa de um processo uniforme que engrena as funções dos quatro quadrantes na progressão evolucionária do tempo e da consciência.
Postulado 3.3
Da mesma maneira que o Cérebro Galáctico está dividido horizontalmente pela união entre instinto e telepatia, assim também está dividido verticalmente, o lado esquerdo sendo o estado primário e o lado direito sendo um reflexo secundário da condição primária
Pré-consciente é um instinto primário
Consciente subliminar é telepatia primária.
Postulado 3.4
Dentro do Cérebro Galáctico, a vida é um reflexo secundário
Na sua condição inconsciente, a vida é informada pela ordem pré-consciente e pelas estruturas do reino inorgânico
Na sua condição supraconsciente, a vida é informada pela consciência subliminar e pelas ordens dos reinos pós-orgânico ou pós-vida.
Postulado 3.5
Dentro do Cérebro Galáctico, está a matriz radial do tempo quadridimensional pela qual as formas de ordem comuns a todos os quatro quadrantes do tempo e da consciência são projetadas
Todas as formas de ordem dentro do Cérebro Galáctico são projeções das geometrias radiativas.
Postulado 3.6
O princípio da geometria radiativa é o meio comum de projeção da forma através das quatro fases básicas do Cérebro Galáctico: inorgânica pré-consciente, orgânica inconsciente, hiperorgânica supra-consciente e pós-orgânica consciente subliminar.
Postulado 3.7
Todas as formas geométricas são radiativas e derivam da matriz radial quadridimensional
Todas as funções quadridimensionais são radiais por natureza e implicam um princípio de centro do qual a estrutura é projetada
Isto é exemplificado pela descrição gráfica do próprio Cérebro Galáctico, onde Deus é o centro projetivo de uma matriz radial cuja consistência holonômica nunca está perdida e que se manifesta como a ordem sincrônica do universo em um dado momento.
Postulado 3.8
A geometria é uma ordem mental e somente pode ser um reflexo da mente divina de Deus
A geometria pura da quarta dimensão é chamada de geometria pulsar
Pulsares são as estruturas pelas quais o tempo quadridimensional une as qualidades e os aspectos que informam a ordem tridimensional
A geometria tridimensional de forma são cristalizações secundárias da geometria pulsar primária do tempo quadridimensional.
Postulado 3.9
A geometria é como o tempo quadridimensional, incorpora-se como forma tridimensional
A incorporação do tempo como forma geométrica informa todas as ordens inorgânicas e orgânicas do reino do instinto
O tempo incorporado como a geometria de forma é o exemplo do princípio T(E)=Arte
Todas as formas e espécies participam em variadas ordens da geometria da forma , tanto em sua estrutura corporal como em suas formas de processo.
Postulado 3.10
O desenho radial da freqüência 13:20 de sincronização mantém a ordem em movimento
Na terceira dimensão a duração da forma geométrica mantém a ordem do tempo
O incremento das ordens de complexidade consciente aumenta a incidência da geometria como variedade de forma dentro dos processos da vida do reino orgânico, a princípio inconscientemente, depois conscientemente.
Postulado 3.11
Todas as geometrias são momentos-pensamentos do Cérebro Galáctico, comandos coordenados de Deus, incorporados nas formas mais eficientes possíveis a serem moldadas pelo tempo em formas progressivas da ordem consciente evolutiva
Por essa razão, todas as geometrias são, em última instância, manifestações de ordem sagrada.
Postulado 3.12
Cristais são as manifestações pré-conscientes primárias da projeção da geometria radiativa quadridimensional tomando a forma tridimensional imediata
O poder de duração do cristal é igual à sua primazia de forma-manisfestação
Sendo os constituintes primários da projeção pré-consciente inorgânica da geometria radiativa na terceira dimensão, na sua forma os cristais são a expressão mais próxima da intenção original do momento-pensamento do Cérebro Galáctico
Os cristais incorporam a estrutura de forma pré-consciente do tempo do qual o reflexo secundário, a vida é derivado.
Postulado 3.13
Uma dialética da forma cristal e do reflexo secundário, a vida, dirige a progressão evolucionária do pré-consciente ao inconsciente, estabelecendo a possibilidade da consciência auto-reflexiva e do momento supremo do conhecimento da Lei do Tempo
A função do cristal é manter o momento-pensamento primário através da duração do processo evolutivo
Correlações de tempo e consciência invisíveis e inconscientes são transmitidas pelos cristais instintivamente.

 

Scroll to top