Selo Solar 5: Serpente Vermelha

A Lei do Tempo e a Transição Biosfera–Noosfera

Postulado 5.1
A transição da biosfera de uma ordem inconsciente de instinto para a ordem superconsciente de telepatia é uma função da Lei do Tempo e é denominada transição biosfera–noosfera
A transição biosfera-noosfera é o resultado direto do aumento exponencial de complexidade biogeoquímica e a conseqüente liberação de "energia livre" devido à aceleração da transformação termo-químico-nuclear dos elementos.
Postulado 5.2
É somente a espécie humana dentro da biosfera que induz o momento do climax biogeoquímico
Somente a espécie humana entra na zona de transição da civilização consciente que, pelo poder do pensamento auto-reflexivo, torna-se uma construção crescentemente artificial das formas projetadas dispersas por toda a biosfera.
Postulado 5.3
Através de um erro no tempo, a espécie humana transforma a sua construção artificial, a civilização, em uma tecnosfera global, produto da soma da mecanização industrial de suas funções biológicas
Por causa da adaptação humana à freqüência de tempo mecânica e artificial 12:60, a tecnosfera opera contra as leis da biosfera, criando uma instabilidade magnética entre os processos cristalinos primários e os processos orgânicos vitais.
Postulado 5.4
A evolução do Cérebro Galáctico segue um processo estritamente regulado no qual a transição da consciência instintiva para a consciência telepática contínua é inevitável e representa a derradeira crise no desenvolvimento da biosfera
O erro no tempo somente induziu o que era uma conseqüência inevitável de uma espécie operando com a consciência instintiva e com as leis mecânicas do espaço, porém sem o conhecimento da Lei do Tempo.
Postulado 5.5
Dentro da biosfera, a qual é na sua totalidade uma função inteligente do Cérebro Galáctico, há um sistema quadridimensional auto-regulador conhecido como banco psi
Por meio da freqüência 13:20, o banco psi sincroniza o programa matemático do DNA em um sistema de gravação e de armazenagem de memória.
Postulado 5.6
O banco psi é o "cérebro" da biosfera, a força-guia da evolução do tempo e consciência a governar os estágios evolutivos da biosfera
Como o repositório de todo o pensamento, inconsciente e consciente, o banco psi permanece no inconsciente instintivo até o advento do pensamento auto-reflexivo
A noosfera é o banco psi convertido no regulador consciente contínuo da vida .
Postulado 5.7
A descoberta da Lei do Tempo é o acionador exato auto-reflexivo a iniciar a transição biosfera-noosfera
A transição biosfera-noosfera representa a transição auto-reflexiva de um procedimento operacional puramente tridimensional para um procedimento operacional e de entendimento puramente quadridimensional.
Postulado 5.8
A descoberta da Lei do Tempo e suas aplicações definem um programa para a reorganização da ordem social humana e o conseqüente desenvolvimento de tecnologias telepáticas para a melhoria do meio ambiente e a possibilidade de viagens no tempo e transporte telepático.
Postulado 5.9
Pela aplicação e a formalização da Lei do Tempo em todas as suas implicações para a reconstrução da espécie humana e da biosfera, a tecnosfera temporária, o invólucro "placentário" da espécie humana, é jogado fora e dissolvido
Remagnetizada e realinhada pela Lei doTempo, a espécie humana emerge em uma consciência contínua genuína fazendo do campo universal da telepatia auto-reflexiva a ordem normativa.
Postulado 5.10
A entrada da transição biosfera-noosfera é um movimento evolutivo profundo e determinado com precisão no qual a espiral em direção à completa evolução espiritual é universalizada
A conseqüência imediata do realinhamento consciente com a Lei do Tempo e com o mecanismo auto-regulador da biosfera, banco psi, é a estabilização magnética da espécie e o acionamento biopsíquico dos anéis circumpolares definindo o campo eletromagnético da Terra.
Postulado 5.11
O efeito do acionamento dos anéis circumpolares do planeta Terra, a ejeção noosférica da Ponte do Arco-Íris Circumpolar, é a restauração do tubo regulador do fluxo homeostático do planeta
O sistema tubular de fluxo é a ponte eletromagnética que originalmente conectava os diferentes planetas do sistema solar pelos seus pólos, ligando-os em um sistema de ressonâncias harmônicas mantendo a estabilidade de todo o campo da massa estelar, inclusive de suas órbitas planetárias.
Postulado 5.12
O campo inteiro da massa estelar é conhecido como o heliocosmo
A auto-correção da disfunção biosférica de tempo artificial da Terra é o ponto crítico na preparação do heliocosmo local para a sua ascensão evolutiva no nível da quinta força às funções cromáticas galácticas
A quinta força das cromática galácticas são a ordem de quinta dimensão das funções conscientes subliminares que induzem uma espiral evolutiva puramente espiritual dentro de uma determinada massa estelar .
Postulado 5.13
A evolução dos corpos planetários da biosfera para a noosfera são funções holonômicas da evolução estelar
A sincronização da noosfera planetária com a programação evolutiva estelar marca o advento da próxima era geológica, a Psicozóica
A Era Psicozóica, é definida como a seqüência normativa da evolução do superconsciente hiperorgânico da noosfera unificada telepaticamente.