(14) A Tartaruga Viajou Para A Lua

(14) A Tartaruga Viajou Para A Lua
A lua para onde a tartaruga viajou foi a lua do tempo do sonho. Os alojamentos das Treze luas estabeleceram-se num grande círculo no céu. Longe, lá bem no centro do círculo, a tartaruga pode ver o filme azul esverdeado rodando sobre o manto biosférico da Terra. A Tartaruga ficou maravilhada com a rotação da Terra girando em torno do seu eixo, uma joia, encontrada no centro de seu próprio tempo.

A Tartaruga inspecionou os alojamentos que a lua percorreu treze vezes por ano. Cada alojamento da lua era redondo. Do centro de cada alojamento da lua, 28 polos irradiavam para fora, suportando o telhado. Em cada uma dos treze luminosos alojamentos da lua, a tartaruga encontrou um espírito animal.

No primeiro alojamento da lua, a tartaruga conheceu o espírito de um morcego. No segundo alojamento da lua estava o espírito de um escorpião. No terceiro alojamento da lua encontrava-se o espírito de um veado. No quarto alojamento da lua estava o espírito de uma coruja. No quinto alojamento encontrava-se o espírito do pavão. No sexto estava o espírito do lagarto. No sétimo alojamento encontrava-se o espírito do macaco. No oitavo estava o espírito do falcão. No nono o espírito do jaguar. No décimo alojamento encontrava-se o espírito do cão. No décimo primeiro alojamento estava o espírito da serpente. No décimo segundo alojamento encontrava-se o espírito do coelho.

Doze alojamentos, doze espíritos de animais. Mas quando a tartaruga olhou para o décimo terceiro alojamento da lua, estava vazia. Porque é que estão aqui? Perguntou a tartaruga ao espírito dos animais.

Numa só voz os doze espíritos dos animais responderam: nós estamos aqui porque o espírito nomeou-nos para estarmos aqui. Nós devemos manter o poder do espírito das treze luas para a última geração dos filhos da Terra. Quando a unidade de tempo chegar temos que estar prontos. Porque mantemos firmes nos nossos alojamentos, o poder que guardamos ao longo do tempo é grande. Cada um de nós tem o nosso próprio poder do espírito. Estes poderes do espírito ajudarão a última geração das crianças da Terra a permanecerem fortes, equilibradas e cooperativas na biosfera.

E por que é que o décimo terceiro alojamento da lua está vazio? Perguntou a tartaruga.

Novamente os doze espíritos animais responderam como um só: porque o décimo terceiro alojamento é para ti, tartaruga! Tu és o guardião do décimo terceiro alojamento da lua. Isto, porque mantiveste o conhecimento das treze luas tão fielmente na tua concha. Tu és o mais cósmico de todos os animais, em ti está todo o conhecimento do tempo.

Orgulhosamente, com graça e facilidade, a primeira tartaruga entrou no décimo terceiro alojamento da lua. Então, a tartaruga sentou-se junto com os outros doze espíritos dos animais. Agora, em treze alojamentos da lua estão treze espíritos de animais para assistir ao círculo do tempo, conhecido como o fim do tempo da Nova Era.