(23) Canção Da Bioesfera

(23) Canção Da Bioesfera
Como os espíritos dos tambores rufaram dentro da cúpula, no interior do manto do tempo do sonho da terra, as vozes dos espíritos dos animais uniram-se numa só voz, a voz da canção da biosfera.
Numa única voz para as crianças da Terra, os espíritos dos animais cantam a canção da inocência da biosfera.


Criança da Terra, filho do tempo

a biosfera é inocente
é o círculo sagrado do tempo
que molda a tua vida
num todo da Nova Era
com o coração cantando
na biosfera
Este círculo sagrado
de inocência e alegria

o circulo sagrado não toma partido
peixe come peixe é inicio do ciclo
o tempo recicla a vida

a vida recicla o tempo
este é o sagrado circulo
tudo o que precisa de viver
é autogerado
da excitação cósmica à respiração
do metabolismo à radiação solar
tudo se transforma em mais uma geração
outro circulo sagrado do tempo
no seu poder de auto geração
a biosfera é inocente

na cooperação de suas partes
no serviço e em harmonia
com a arte sagrada da Terra
a biosfera auto migra
todas as moléculas
em igualdade e diversidade
migra em todas as mudanças de combinações
através de todos os seus momentos diferentes
em todas as suas vidas diferentes
a biosfera é inocente
no seu todo e em cada parte
a biosfera auto migra

troca de todas as partes de si mesmo
com todas as outras partes
através de ciclos recorrentes da Nova Era
a biosfera é inocente

auto-geração, auto migrando
constante em seus círculos sagrados da Nova Era
a biosfera está a auto-organizar-se
no seu todo
para cada parte e toda a parte
a biosfera cria-se
na sua obra de arte viva
um fôlego para respirar o circulo sagrado
uma vida para equilibrar
na perfeição infinita
toda uma Terra se auto organizando
a biosfera é inocente

a biosfera é autónoma
no seu todo e cada parte
autónoma na temperatura do meu corpo
autónoma na pele que mantém o meu vestido vivo
na biosfera, não há nenhum “deixar” e nem “permitir”

Tudo é livre para fazer e ser
para levar o tempo ao seu próprio ritmo
de acordo com sua própria autonomia
na biosfera, não há nenhum governo
jogar ao invés da política
é a regra do dia
no seu poder de autogoverno
a biosfera é inocente

Na tua pele é tudo o que precisas
nenhum parlamento te pode dar mais
a biosfera é inocente
o circulo sagrado encontra-se
onde cada criança é livre
na sua própria autonomia
a biosfera é inocente

 

Auto geração, auto migração, auto-organização, auto governação são as leis que regem a Biosfera no seu todo e nas suas partes.

Igualdade, abundância, autonomia, estes são os direitos da biosfera.

Cooperação, serviço, harmonia, estes são os caminhos para exercer os teus direitos na biosfera.


Oh criança da Terra

cada um de vocês
é um membro da biosfera
a biosfera funciona se exerceres os teus direitos
tu és a biosfera
teus direitos estão escritos na tua pele
a biosfera é inocente
tudo o que precisas é começar
no teu ritmo
como a tartaruga e a árvore
para fazeres o tempo
simples e gratuito

autonomia é a economia da vida
Só eu posso ser Eu
com autonomia, pode haver serviço
a vontade de realizar em nome da Terra

igualdade é a economia de tempo
tempo é igual para todos
ninguém tem mais ou menos tempo
no tempo, somos todos iguais uns aos outros
com igualdade pode haver cooperação
no serviço à Terra

abundância é diversidade
a riqueza do tempo que se fortalece a cada momento
com tudo o que tu precisas
harmonia é abundância feita igual para todos
através da cooperação no serviço à Terra

Oh criança da Terra
Oh filho do tempo
ser paciente é ser livre
mantem a calma
move-te em equilíbrio
o teu poder está na tua autonomia

com tranquilidade o conhecimento é simples e livre
equilíbrio é movimento em harmonia
da calma e o equilíbrio
do conhecimento em harmonia
descobre os teus direitos
abundância, igualdade e soberania na autonomia

Esta é a canção da inocência
da biosfera que não conhece outra forma

Criança da Terra
A vida na biosfera é uma cooperativa autónoma
de origem comum e interesses comuns
a vida na biosfera é uma produção de auto migração
reciclada como tempo
criando-se como um circulo sagrado

Criança da Terra para entenderes
simplesmente vive no “Agora”

No Agora está a fonte do Aqui
no Agora está o espírito do teu coração que bate
no Agora está a fonte de autonomia
no Agora está a fonte da abundância
no Agora está a fonte de igualdade
no Agora está a fonte da quietude
no Agora está a fonte do saber
o Agora existe apenas para ser e fazer
ser e fazer
é ser livre

Oh criança da Terra
reivindica o teu tempo
a biosfera chama na inocência
chamadas como a tartaruga
chamadas como a árvore
chamadas para a harmonia
tua e minha!

Scroll to top