(9) Porque É Que Árvore Se Mantém Alta


Então, a Mãe Terra virou-se para a sua filha, a bisavó Árvore, e disse: árvore, tu és o padrão verde vivo da biosfera. Providencias casa para muitas criaturas do reino animal. Dás fruta e sementes. Apenas as nuvens conhecem o céu melhor do que tu.

No teu tronco robusto está o teu poder. Não só o teu tronco guarda a contagem do tempo terrestre, como também, se parece com o eixo que corre dos meus polos magnéticos de Norte para Sul.

Em baixo as tuas raízes, e em cima os ramos demonstram como funcionam os meus dois polos para mim. Um polo recebe a luz e a radiação cósmica, tal como os teus ramos que se erguem para o céu. O outro polo liberta todas as minhas mensagens da vida pelo sistema infinito de raízes do tempo galáctico.

Árvore, o teu tronco transporta o conhecimento de tudo o que sou como uma criança do cosmos. És uma imagem de espelho de mim mesmo. Estamos ligados a um eixo comum, girando numa rotação universal comum.

As tuas raízes subterrâneas refletem os teus ramos no céu. Toda a energia do céu cósmico entra nos teus ramos para alimentar a biosfera. Do meu núcleo cósmico a energia do tempo irradia de volta ao teu tronco através das tuas raízes.

Árvore, só o tempo te pode arrancar das tuas raízes e libertar de novo para alimentar a Terra. No fim da "Nova Era", a minha criança mais jovem virá. Na sua juventude a criança, virá para te conhecer. Tu ajudarás e te oferecerás a esta criança. Mas a criança vai se esquecer do tempo. Esquecendo-se do tempo, no início a criança te rasgará e cortará das tuas raízes. Quando isto acontecer mantém-te firme. Se o esquecimento for tão grande, que a minha criança mais jovem deixe de entender que a árvore e o ser humano têm uma raiz comum no tempo, então deves estar pronta para entregar a tua mensagem da Terra.

A árvore ficou direita nobremente, os seus ramos de pinheiro maravilhosamente se levantando em conjunto para o céu. Sentiu todas de palavras da Mãe Terra desde as suas raízes à ponta do seu pináculo.

Então, a partir do seu eixo invisível, do eixo que atravessa o centro do seu tronco, a bisavó árvore formulou a sua mensagem para as crianças das últimas gerações da Terra:


Últimas gerações de Crianças da Terra
Sou o vosso guardião
Sou alto para vosso modelo
Se desejas parecer-te comigo
Aquieta e aprende
o anel de tempo

No anel do tempo
O meu conhecimento é este
Enquanto tranquilo
ainda giro
As voltas que dou, permanece no meu interior
tranquilamente eu cresço em altura
conservando a energia do conhecimento
no meu eixo, ligo o tempo como a Terra
cada anel, um ano
cada nascimento, um anel

Criança do futuro filho do tempo
podes viver com os teus anéis
podes ficar alto
podes ainda subir
partindo das tuas raízes durante o sono Terrestre
para alcançar os meus ramos
no céu tão fundo e longínquo
pergunta à árvore que está tão alta
se a tua mente é o tempo e o tempo é o
levantar de todos os teus ramos para o céu
elevando os teus sonhos para onde eles podem voar

A biosfera tem um lugar para ti
enraizado como uma árvore no Hunab Ku