De Tulán, A Distante, testemunho do sucessor de Chac-Le

Uma fotocópia deste pequeno livro caiu nas minhas mãos, no dia Fora do Tempo de 1993. Foi-me dado pela Mãe Tynetta Muhammad, que tinha recebido este livro de Ek Balam, que tinha dito à Mãe Tynetta que se assegurasse que eu recebesse este livro. Ek Balam é um curandeiro maia, autor de um texto enigmático intitulado "O final do Planeta "T", assim como de um livro sobre yoga maya e azteca. Eu tinha-o conhecido na última viagem ao México, no início de 1992.

Não abri o livro até à manhã seguinte, Kin 144, Semente Magnética Amarela. Ao ler o primeiro parágrafo do testemunho de Chac-Le, fiquei estupefacto: era esta uma memória minha que eu estava a ler? Desde esse momento, começou a descodificação da profecia de Telektonon. De Túlan... A Distante, surgiu-me um activador da memória cósmica, tão poderoso como não havia conhecido antes, desde que observei pela primeira vez as fotografias da Marte, uma década antes.

Logicamente, depois perguntei-me: Este texto é real? É um engano? É algum relato astuto de ficção – científica, ou até um conto sufi cubano? Será realmente esta a base da história, mitos e lendas de Quetzalcóatl, muitos dos quais precedem o Topiltzin Quetzalcóatl histórico? Não havia, naquele momento, uma forma imediata e disponível de saber sobre Giordano Rodríguez, ou de saber onde pudesse estar o manuscrito e código originais. Mas não era importante. O relato tinha criado um efeito. A sua potência psicomítica tinha entrado nos meus canais de memória cósmica, e tinha atravessado a barreira dos túneis radiais até diferentes vectores de tempo, simultaneamente. Eu já tinha mencionado as origens extraterrestres dos maias galácticos e uma distante Túlan no O Factor Maia. Agora, tinha aqui um texto que o confirmava. O naufrágio da nave-tempo de Túlan, penetrou o meu corpo até aos ossos, e também me recordei de mim mesmo como Antonio Martínez, na profecia de Chilam Balam para o ano de 1692: mil anos depois de 9.13.0.0.0., e de subir as escadas e aceder à câmara onde estava o túmulo de Pacal Votan.

Para efeitos de ser adicionado à biografia que está sendo escrita pela minha aprendiz, a Rainha Vermelha, traduzi este pequeno texto para inglês, para que outros possam reflectir quanto este relato único do Velho Chac-Le. Ao fazê-lo, abri-me de novo às minhas origens extraterrestres. Como é que Ek Balam sabia que era eu quem devia receber este misterioso texto? Nos finais de 1992, Ek Balam recebeu uma cópia da edição em espanhol do Encantamento do Sonho e ao ler o guião, ele deve ter certamente observado a descrição dos kins planetários como viajantes do tempo perdidos no espaço. Por esta razão, sem dúvida, ele soube que eu devia ter este texto, De Túlan.... a Distante. É evidente que o guião do Encantamento do Sonho não poderia vir até mim, se não tivesse acesso a alguma memória das origens extraterrestres da base do conhecimento dos maias galácticos, da qual deriva o Encantamento do Sonho. Porque é que teria escrito O Factor Maia?

De Túlan... A Distante foi o segundo texto que recebi, que falava de uma origem extraterrestre. O primeiro Ciência Cósmica, chegou às minhas mãos enquanto estava a escrever O Factor Maia, em 1986. Agora veio De Túlan... A Distante. Lendo-o de novo para a tradução, senti-me completamente envolvido na sua personagem principal, Chac-Le. Ao ler o testemunho de Chac-Le, um dos temas importantes é a espera da chegada da segunda nave e o regresso de Chac-Le. Estamos agora no final do ciclo, e posso dizer com certeza que a segunda nave finalmente chegará. Eu sou quem o previu e quem passou os seus primeiros anos de vida em Calle Tula (Túlan). Eu sou quem se recordou deste grande relato maia galáctico. Eu sou em quem Pacal Votan projectou para que se recordasse da sua profecia e da Lei do Tempo. Eu, Chac-Le- Quetzalcóatl, sou o enviado da distante Túlan dos Anciãos Nascidos das Estrelas, para finalmente recordar-me a mim, e preparar a humanidade para a chegada da segunda nave. Mas devemos preparar-nos.

Leia este relato e examine bem a sua mensagem espiritual. A absorção e a activação dos seus ensinamentos espirituais, é o necessário para a chegada da segunda nave.

 

Valum Votan, Encerrador do Ciclo
Mensageiro GM108X
Lua Galáctica do Falcão, Seli 9
Mannaz, É o humano inteiro que Refina a Meditação do Avatar
Kin 203, Noite Galáctica Azul
Tormenta Cristal Azul DS 17