2: Esta é a minha vontade

De Tulan A DistanteEu, o Velho Chac-Le, Gagavitz. Gucumatz, Nacxil, Tepeuh, Topiltzin, Tlahuizcalpantecuhtli. Ehécatl, Kukulcán, Quetzalcoatl(1), filho de Tulán A Distante, filha por sua vez da (estrela) Tau(2) da (constelação) da Serpente. Eu, o Velho Chac-Le, irmão de Ho-Merotz o cego, o cantor do meu reino, perdido agora já não sei onde: Ho-Merotz o poeta: irmão de Zitz-Hartha; de Xezúh-Naz-Arctz; de Tmah-Homatz e de tantos outros náufragos definitivos nesta ilha (do espaço) bonita por demais. Hoje, a ponto de desaparecer, deixo à humanidade o meu testamento e em 61 a minha história.

Esta é a minha vontade que deixo para todos vocês meus filhos, irmãos dos meus filhos, filhos deles… meus filhos! Para que assim não se deixe de cumprir amanha.

Tudo o que fiz, tudo o que pude fazer para ajudar a melhorar a vida dos homens deste mundo, e o quanto fizeram os meus irmãos, aqueles que esperançados comigo chegaram a povoar com outra luz, que através da semente chegará até ao início do homem, não foi em vão. Mas ainda falta muito que andar e as minhas pernas estão a adormecer e a mensagem não chega, ou não chegaram os que tiveram que receber o nosso chamado.

 

(1) Quetzcoalt
Quase todos os historiadores e investigadores coincidem que as civilizacoes pre-hispanicas em que Kuikán e Quetzcoalt são uma mesma pessoa ou divindade; assim como também Gagavitz, Gucumatz e todos os que foram nomeados no documento: a Serpente com Penas, que o presente relato determina como um personagem histórico convertido em lenda, e por si só em divindade. No entanto, numa parte do Testamento de Chac-Le aparece o nome de Kukulkán (Kuk-Ulcán) como se esta não fosse a mesma pessoa (Chac-Le, Quetzalcoalt) fazendo o autor um esboço poético descritivo de Kukulkán, planeando-nos, logicamente uma dúvida a esse respeito. (N.do T.)
(2) Tau
A estrela Tau está classificada como uma anã amarela de 3.5m um pouco mais pequena e mais fria que o nosso Sol. É uma das estrelas que está mais perto de nós: só a 12 anos de luz, e encontra-se (contrariamente ao que expressa este documento) na constelação da Baleia. (Os tesouros do Céu).

Scroll to top