Prova Matemática e Demonstrações

II. Princípios

Prova Matemática e Demonstrações

pacal votan

O Código 0-19

As provas e demonstrações da matemática do tempo da Quarta Dimensão derivam do código auto existente “código 0-19”. O sistema de notação ponto-barra intrínseco a este código é vigesimal, dinamicamente icónico, e através da utilização de um valor zero, exponencialmente flexível – ou seja, avançando em posições cujo valor aumenta pelo poder do 20. Assim, na primeira posição um ponto é igual a uma unidade ou Kin, enquanto uma barra é igual a cinco; na segunda posição cada ponto é igual a 20 unidades ou Kins, enquanto cada barra é igual a 100; no terceiro, cada ponto é igual a 400, cada barra 2000; na quarta posição, um ponto é igual a 8000 Kins; no quinto cada ponto é igual a 160.000 Kins e assim por diante.

Os algarismos árabes são não-icónicos, numerações literais, cujo poder é conceitualmente limitado. Por exemplo, uma tradução individual de um valor do sistema ponto-barra  para árabe é apenas aproximada, um sistema literal de valor único nunca será capaz de poder transmitir o poder de valor múltiplo  dum sistema icónico gráfico. Os padrões do código 0-19 demonstram o poder de vários valores do sistema de numeração icónica, ou seja, observem que as linhas horizontais possuem uma unidade através de equivalências de pontos, enquanto as linhas verticais possuem unidade de equivalências de barras (ver: 0-19 Código Galáctico, página 32. Também Carta referência Rápida, do Kit de Encantamento do Sonho).

Todas as construções e as provas derivadas deste sistema de código vigesimal ponto-barra também assumem a forma de ordens matemáticas auto-existentes ou estruturas. Empiricamente manifestam-se como as diferentes peças e ferramentas do Jogo do Encantamento do Sonho, actualmente, as demonstrações matemáticas existem como uma unidade de romance para a experiência humana.

A verificação final destas provas matemáticas só pode ocorrer através de um ajustamento do comportamento humano às normas e códigos da Quarta Dimensão do tempo galáctico. Tal ajuste comportamental constitui uma escolha de livre arbítrio e do nível de inteligência que se abre numa vasta dinâmica evolutiva. Esta é a dinâmica evolutiva que regista a transição da Biosfera para a Noosfera, o movimento da consciência humana de entropia da Terceira Dimensão para a Ordem Galáctica da Mente e do Ser. É por isso que a aplicação das principais formas das demonstrações matemáticas da Quarta Dimensão são fórmulas virtuais para a própria autonomia e toda reorganização de sistemas totais através do poder do tempo.

IMAGEM DA PAGINA 32 (34) DO LIVRO EM INGLÊS

A Aventura da Onda Encantada (Legenda)

 

A Onda Encantada

A Onda Encantada é a unidade de medida padrão fractal. No termo Onda Encantada, Onda refere-se ao poder do movimento, Encantada ao poder que se pode ganhar estando em harmonia com a realidade. Portanto, conhecer e percorrer a  Onda Encantada é demonstrar o poder autónomo aumentado mediante identificação harmónica com tempo da Quarta Dimensão.

Uma Onda Encantada é uma forma fractal constante de 13 unidades. Estas 13 unidades representam a cosmologia de 13 Tons da Quarta Dimensão. Na cosmologia da Quarta Dimensão as 13 unidades constituintes não podem ser nem separadas nem compreendidas separadas umas das outras. As unidades são referidas como tons porque a natureza da realidade da Quarta Dimensão é puramente vibracional, espectral e sem peso. Portanto, cada tom representa uma sequência cosmológica discreta que descreve um processo de criação contínua. Enquanto cada uma das 13 posições mantém o valor de um Kin, o valor de cada Tom representa um poder criativo da ressonância, cada poder construindo o Tom anterior ou a soma dos tons anteriores (ver: aventura da Onda Encantada e parte de trás da tabuleiro do Oracle, Jogo do Encantamento do Sonho).

Na abordagem dos sistemas totais, o nível planetário representa o sistema total mínimo; o kin representa uma rotação do planeta sobre o seu eixo. Dado que todos os elementos do planeta desde núcleo a magnetosfera giram simultaneamente juntos e interdependentes sobre o mesmo  eixo, um Kin incorpora todo o sistema planetário em todos os seus componentes multitudinários através de um giro axial. Por esta razão, o valor mínimo de um Kin é um dia-e-noite, e o valor mínimo da Onda Encantada de 13 Kins é o mesmo que 13 dias ou 13 rotações da Terra sobre seu eixo. Por expansão fractal onde um Kin equivale a 28 dias, então, uma Onda Encantada equivale a 13 Luas, ou seja 364 (28×13) rotações da Terra sobre o seu eixo

Isto significa que, mediante a sintonia consciente com a Onda Encantada o componente auto-reflexivo do sistema planetário, a Noosfera, irá recapitular em ondas incessantes a cosmologia de 13 tons da Quarta Dimensão. É por isso, que a Onda Encantada é referida como uma cosmologia recapitulativa e recombinante e também como o modelo primário para o avanço evolutivo proporcionado pelos códigos do tempo da Quarta Dimensão. Compreender a Onda Encantada na sua totalidade é reconstituir as bases e categorizações epistemológicas do saber humano.

 

Pulsares

A Onda Encantada exibe uma arquitetura intrínseca, que é definida e articulada por códigos de pulsar. Na Quarta Dimensão do tempo, um pulsar refere-se a uma constante relacional no tempo que pode ser desenhada geometricamente. Os códigos de pulsar são o mecanismo mediante o qual ocorrem intercâmbios dinâmicos durante o momento de uma única Onda Encantada. (Para esta discussão ver: código de Pulsar, página 38 e a parte inferior traseira do Oraculo, do jogo do Encantamento do Sonho).

Na arquitetura da Onda Encantada há três movimentos essenciais: tons 1-4, estabelece; Tons 5-8, expande; Tons 9-12, converte; O 13º tom é lançado no “Vôo Mágico”, ou seja. leva o movimento para a próxima Onda Encantada.

A articulação do processo triplo ocorre, por fim, no 1º, 5º, 9º e 13º momentos da Onda Encantada. Estas quatro posições tonais criam o pulsar da Quarta Dimensão que, como tetraedro, envolve ou contém todos os outros movimentos pulsares.

Na sua arquitetura, qualquer Onda tem dois Portais, duas Torres e nove Câmaras. O primeiro tom é magnético e à posição chama-se Portal Magnético; É a entrada da Onda Encantada. Da mesma forma, o décimo terceiro tom é o cósmico, e sua posição cria o Portal de saída Cósmico da Onda Encantada. As duas Torres são ocupadas pelas quinta e nona  posições e são conhecidas como Torre Harmónica e Torre Solar. Assim, o pulsar de Quarta Dimensão é composto nas suas posições, pelo primeiro Tom Magnético, Quinto Tom  Harmónico, Nono Tom Solar e Décimo Terceiro Tom Cósmico, que são as Torres e os Portais da Onda Encantada.

Sendo do tempo e da mente, o pulsar do tempo de Quarta Dimensão unifica o propósito através do Comando, Ação Formalizada e Vôo Mágico. O pulsar do tempo também informa e regula os outros três pulsares, que constituem três planos triangulares interactivos. A actividade desses três planos triangulares interactivos é referida como a Terceira Dimensão ou plano físico da realidade. Na verdade, estes três pulsares compreendem as três primeiras dimensões, que funcionam, no entanto, como um todo único e que não se  podem considerar separadas do pulsar tetraédrico da  Quarta Dimensão que os informa e os contém. O estudo do pulsar de Quarta Dimensão é servido pela nova arte e ciência do cronomancia (ver acima).

Entre o Portal Magnético e a Torre de Harmónica, entre a Torre Harmónica e a Torre Solar, entre a Torre Solar e o Portal Cósmico há três sequências de Câmaras. Cada conjunto de três Câmaras em sequência forma um pulsar. Assim, cada pulsar possui uma unidade tonal em cada uma das três fases da Onda Encantada: Estabelecer (Galáctico), Expandir (Solar) e Transformar (Planetário).

Em ordem sequencial, as três Câmaras que se seguem imediatamente ao Portal Magnético de Quarta Dimensão e as duas Torres constituem o pulsar da vida lunar de Primeira Dimensão. Este Pulsar inclui: a segunda Câmara ou o Tom Lunar; a sexta Câmara ou o Tom Rítmico; e a décima Câmara ou o Tom Planetário. O pulsar da vida lunar de primeira dimensão engloba todo o reino das mudanças biogeoquímicas, que agora podem ser estudadas ou compreendidas como o domínio da geobiologia.

Código Pulsar – IMAGEM DA PAGINA 34 (36) DO LIVRO EM INGLES

A segunda ou a posição média dos três conjuntos de Câmaras constitui o segundo pulsar eléctrico da Segunda Dimensão. O pulsar de Segunda Dimensão inclui: a terceira Câmara ou o Tom Eléctrico; a sétima Câmara ou o Tom Ressonante; e a décima primeira Câmara ou Tom Espectral. O pulsar sensorial de Segunda Dimensão engloba todo o domínio psico-físico dos limiares electro sensoriais, que agora podem ser estudados ou compreendidos como o domínio da arte e da física.

O terceiro agregado ou final dos três conjuntos de Câmaras, ocupando as posições imediatamente anteriores às duas Torres de Quarta Dimensão e ao Portal Cósmico, constitui o pulsar mental auto-existente de Terceira Dimensão. O pulsar de Terceira Dimensão inclui: a quarta Câmara ou o Tom Auto-Existente; a oitava Câmara de Tom Galáctico; e a duodécima Câmara ou Tom Cristal. O pulsar mental de Terceira Dimensão engloba o reino de desenvolvimento mental e social, que agora pode ser estudado ou compreendido como o reino da ordem cósmica cooperativa.

Os Pulsares Harmónicos compreendem um segundo conjunto de pulsares. Os Pulsares Harmónicos são movidos pelo poder do quinto Tom, que na sua essência é uma função do Factor Mais Um e do código ponto-barra (veja acima). Para qualquer Onda, isso significa que há um pulsar de um ponto, incluindo posições tonais 1, 6 e 11; Um pulsar de dois pontos, incluindo as posições tonais 2, 7 e 12; Um pulsar de três pontos, incluindo posições tonais 3, 8 e 13; Um pulsar de quatro pontos, conectando posições tonais 4 e 9; E uma barra de pulsar, conectando as posições tonais 5 e 10. Enquanto os quatro pulsares definem os domínios inter-conectados de forma sincronizada das quatro dimensões, os Pulsares Harmónicos proporcionam estruturas de tempo transdimensionais.

Entre as posições tonais, os Portais, as Torres ou as Câmaras dos pulsares estão 15 vértices que, nas suas conexões, definem todas as possíveis relações dos tons entre si nas suas frequências dimensionais. Entre as posições tonais dos pulsares harmónicos estão 11 vértices. O número combinado de vértices de pulsares e de pulsares harmónicos que animam a dinâmica interna da Onda Encantada de 13 tons é precisamente 26 (13 x 2) (ver páginas finais). O estudo dos 26 vértices da relação tonal é fundamental para o desenvolvimento de tecnologias mentais interdimensionais, cuja capacidade de reformular eventos no tempo pode ser mais útil para lidar com os efeitos destruidores dos resíduos tóxicos, radioactividade e doenças como Sida e Cancro.

 

Cubo de Cores, Harmónicas e Células do Tempo

Na Quarta Dimensão do tempo, a harmónica refere-se a uma constante do código de quatro cores recorrente: vermelho, branco, azul, amarelo. A constante do código de quatro cores é literalmente harmónica porque o conjunto inclui os três valores de cores primárias – vermelho-amarelo-azul – do qual todos os valores secundários são derivados; e branco, que é o composto total do espectro de todos os valores prismáticos. As quatro cores combinadas estabelecem três conjuntos fundamentais de relações: antípoda, análogo e oculto.

Vermelho e azul, branco e amarelo formam os dois conjuntos de relações antípodas; Vermelho e branco, azul e amarelo formam os dois conjuntos de relações análogas; vermelho e amarelo, branco e azul formam os dois conjuntos de relações ocultas. Estes seis pares de relações – doze unidades de cores ao todo – são construídos geometricamente como um cubo de cor ou átomo de tempo galáctico, aqui as faces superior e inferior exibem em triângulos emparelhados as duas relações antípodas; Os lados , frente e detrás exibem em triângulos unidos as duas relações análogas; os dois lados laterais exibem em triângulos unidos as duas relações ocultas. Qualquer um dos oito ângulos  do cubo exibem um encontro de seis triangulações de cores. Quatro dos ângulos representam uma junção de cores dominante, onde três triangulações de mesma cor se encontram; os outros quatro pontos tornam-se uma ilusão de óptica, mostrando três lados de um tetraedro, sendo o “lado invisível” a cor que falta nesse ponto de triangulação. (Veja: Cubo de Cores, página 40 e Jogo do Encantamento do Sonho).

Cada uma das quatro faces laterais contíguas do interior do cubo de cores exibe cada uma das quatro constantes de cores no sentido anti-horário, começando com o vermelho à direita, depois o branco em frente, o azul à esquerda e o amarelo opondo-se ao branco. O solo do cubo de cor é a cor secundária verde, representando a Quinta Harmónica  e introduzindo o princípio da Cromática, que é o mesmo que a barra  do código ponto-barra (veja abaixo). O interior do topo do cubo de cor representa o átomo de tempo galáctico mostrado na posição direcional em que à esquerda, vermelho é leste e à direita, azul é oeste e em cima, branco é norte, e embaixo amarelo é sul; com o verde sustentando o centro.

Na sequência temporal, cada cor contém o valor mínimo de um Kin. Uma sequência de quatro cores codificada constitui o valor de uma Harmónica. Quando as quatro cores se combinam numa sequência de repetição com o código 0-19, cria-se uma trajectória harmónica, na qual existem cinco células de tempo, sendo cada célula de tempo uma harmónica completa com quatro cores. Dentro duma trajectória harmónica de cinco células de tempo, cada um dos 20 valores do código 0-19 adquire uma constante de cor codificada harmonicamente: os números de código 1, 5, 9, 13 e 17 são vermelhos; Os números de código 2, 6, 10, 14 e 18 são brancos; 3, 7, 11, 15 e 19 são azuis; 4, 8, 12, 16 e 20 (= 0) são amarelos. Disto, resulta a existência quatro “Famílias de Cores” de cinco unidades cada. Cada cor é associada a um verbo de instruções, cujo conjunto composto demonstra a natureza da ação harmónica no tempo: Vermelho, inicia; Branco refina; Azul, transforma; amarelo amadurece.

IMAGEM DA PAGINA 36 (38) DO LIVRO EM INGLES

Cubo das Cores – Um lado de fora planificado (Legenda)

Cada célula do tempo, consiste numa sequência de quatro números codificados por cores do código 0-19. Na numeração galáctica, os números codificados por cores são conhecidos como números do Código do Encantamento (veja: as costas das fichas Selos Solares, do Jogo Encantamento do Sonho). As cinco células de tempo em sequência criam uma curva de informação galáctica: célula de tempo Um Entrada: Informar; célula do tempo Dois, Armazém: Recordar, célula do tempo Três, Processo: Formular célula de tempo Quatro, Saída: Expressar; célula do tempo Cinco, Matriz: Auto-Regular. Como cada célula de tempo consiste numa harmónica codificada por cores, cada uma das cinco etapas da curva de informação galáctica também participa do processo harmónico, isto é, inicia, refina, transforma e amadurece.

Cada um dos números do código 0-19 da trajectória harmónica possui um número antípoda (sempre uma diferença de dez); Um número análogo (adicionado ao número de código de encantamento é sempre igual a 19); um número oculto (adicionado ao número de código de encantamento é sempre igual a 21). Disposto como um padrão com o número de códigos de encantamento no centro, o número análogo para a direita, o número antípoda para a esquerda, o número oculto abaixo e um quadrado vazio da mesma cor que o número de código acima, cria-se o padrão do oráculo de cinco partes.

Uma vez que existem quatro padrões para uma célula de tempo e cinco células de tempo para um giro harmónico, incluindo os 20 números do código 0-19, a disposição total de 20 padrões do Oráculo é colocada numa placa de cinco folhas, cada uma delas contendo uma harmónica completa de quatro oráculos: a célula do tempo da Entrada Vermelha está na folha direita; a célula do tempo do Armazém Branca está na folha superior, a célula do tempo  do Processo Azul, está na folha esquerda; A célula do tempo de Saída Amarela está na folha inferior; E a célula do tempo da Matriz Verde está na folha central. Estas folhas constituem o tabuleiro do oráculo do Encantamento do Sonho, a ferramenta da Quarta Dimensão para o desenvolvimento de poderes autónomos de adivinhação.

Para cada um dos 20 padrões do Oráculo, existem cinco possibilidades determinadas pelas mudanças da posição do Guia. As mudanças da posição de Guia são determinadas pelo movimento dos Pulsares Harmónicos através das 20 Ondas Encantadas do giro galáctico dos 260 kins. Existem uma centena de diferentes padrões de Oráculo, cinco pulsares harmónicos por Onda Encantada, cem por giro.

 

Cromática ou 5ª Harmónica

A Cromática ou 5ª Harmónica é, em princípio, uma aplicação do Factor Mais Um. Enquanto uma Harmónica consiste num conjunto de quatro unidades codificadas por cores em sequência, a Cromática Base é uma sequência codificada por cinco cores, onde a primeira e a quinta unidades são da mesma cor, e a sequência do Código de Encantamento da Cromática Base executa-se assim: barra, um ponto, dois pontos, três pontos, quatro pontos. Na da matriz do código 0-19, existem quatro cromáticas de cinco unidades cada (4 x 5 = 20), que são demonstradas pelas quatro colunas verticais do código 0-19. Dado que cada Cromática abrange na totalidade ou em parte duas células do tempo, a Cromática de cinco Kins representa o poder da circulação. Este poder de circulação é referido como “Harmónico” porque o quinto tom é sempre da mesma cor e valor que o primeiro tom; Portanto, o quinto sempre aborda o primeiro. Como o movimento das Harmónicas e Cromáticas é poli-sincrónico, o princípio do movimento e da circulação está garantido.

Devido à 5ª Harmónica, existem cinco células e não quatro células do tempo. Na curva de informação galáctica, a quinta célula do tempo assegura que a Matriz Harmónica se auto regule e sincronize durante o intervalo entre a Saída e a próxima Entrada. Na cosmologia dos 13 tons da Onda Encantada, a quinta posição é a Torre Harmónica que marca a transição entre o estabelecimento da forma Auto-Existente da força g e sua expansão para a nona posição da Torre Solar. Um vértice da quinta posição da Onda Encantada liga a Torre Harmónica com a décima terceira posição, o Portal Cósmico. O intervalo entre o quinto e o décimo terceiro é oito, o oitavo rácio que completa a relação de rácios das Ondas Encantadas 5:8 :: 8:13.

Movidas pelo poder do 13, as cinco células do tempo produzem as 65 Harmónicas do giro galáctico, mostrada como Tabuleiro da Viagem do Encantamento do Sonho, Índice Harmónico, a Bússola Galáctica e o livro dos Kins (veja abaixo). A fim de que as Harmónicas das Células do Tempo  completem a Cosmologia Galáctica, cada um dos quatro códigos numéricos do código do Encantamento do Sonho numa célula do tempo adquire um emblema icónico chamado o Selo Solar. Os ícones chamam-se Selos Solares porque as 20 frequências do código 0-19 referem-se ao ciclo da frequência solar da Quarta Dimensão do planeta que gera os 20 Kins. Este ciclo de 20 kins sela a Cronósfera durante cada rotação orbital do sistema planetário Terra, Kin após Kin, numa sequência interminável de giros harmónicos. Os “nomes” dos Selos Solares em sequência lembram uma cosmologia evolucionária multidimensional, descrevendo uma curva de memória universal e facilmente compreensível.

De acordo com a função de célula de tempo os cinco conjuntos de quatro selos solares são mostrados na página 42. Em combinação com cada um dos 13 tons da cosmologia recapitulativa da Onda Encantada, os 20 selos solares criam os 260 kins ou enzimas galácticas do giro galáctico. Cada Enzima Galáctica quadrimensional consiste numa interseção de três frequências: uma das quatro cores, um dos 20 ícones do Código do Encantamento e um dos 13 tons. Os 260 Kins são catalogados em 13 trajectórias harmónicas do Índice Harmónico e, através de 65 harmónicas do livro dos Kins, são transcritas como as 260 Assinaturas Galácticas autonomamente disponíveis para cada ser humano que opta por se tornar um  Kin planetário e entrar no Reino Noosférico de cidadania Galáctica.

 

 

 

 

 

 

 

Célula do Tempo Um – Vermelha: Informar – Entrada

Célula Vermelha do Tabuleiro do Jogo

 

 

 

Dragão Vermelho
Inicia a Entrada
Código do Encantamento 1
Vento Branco
Refina a Entrada
Código do Encantamento 2
Noite Azul
Transforma a Entrada
Código do Encantamento 3
Semente Amarela
Amadurece a Entrada
Código do Encantamento 4

Célula do Tempo Dois – Branca: Lembrar – Armazém

Célula Branca do Tabuleiro do Jogo

Serpente Vermelha
Inicia o Armazém
Código do Encantamento 5
Enlaçador de Mundos Branco
Refina o Armazém
Código do Encantamento 6
Mão Azul
Transforma o Armazém
Código do Encantamento 7
Estrela Amarela
Amadurece o Armazém
Código do Encantamento 8

Célula do Tempo Três – Azul: Formular – Processo

Célula Azul do Tabuleiro do Jogo

Lua Vermelha
Inicia o Processo
Código do Encantamento 9
Cão Branco
Refina o Processo
Código do Encantamento 10
Macaco Azul
Transforma o Processo
Código do Encantamento 11
Humano Amarelo
Amadurece o Processo
Código do Encantamento 12

Célula do Tempo Quatro – Amarela: Expressar – Saída

Célula Amarela do Tabuleiro do Jogo

 

 

Célula Azul do Tabuleiro do Jogo

Caminhante do Céu Vermelho
Inicia a Saída
Código do Encantamento 13
Mago Branco
Refina a Saída
Código do Encantamento 14
Aguia Azul
Transforma a Saída
Código do Encantamento 15
Guerreiro Amarelo
Amadurece a Saída
Código do Encantamento 16

Célula do Tempo Cinco – Verde: Auto-Regular – Matriz

Célula Verde do Tabuleiro do Jogo

Terra Vermelha
Inicia a Matriz
Código do Encantamento 17
Espelho Branco
Refina a Matriz
Código do Encantamento 18
Tormenta Azul
Transforma a Matriz
Código do Encantamento 19
Sol Amarelo
Amadurece a Matriz
Código do Encantamento 20(=0)
= a um giro Harmónico completo

 

Giro Galáctico

Quando as 20 unidades do código matemático 0-19 são executadas numa sequência contínua de trajectórias harmónicas projectadas através da unidade fractal da Onda Encantada, o resultado é o Giro Galáctico de 260 unidades (20 x 13), a descrição completa do movimento vortical do tempo galáctico. O resultado fractal desta sobreposição de 13 tons e 20 selos solares (ícones do código do Encantamento) é a demonstração completa da frequência 13:20: uma Onda Encantada de 13 unidades repetida 20 vezes em cinco sequências de quatro Ondas Encantadas cada uma.

O padrão de quatro Ondas Encantadas por cada uma das cinco sequências é um fractal harmónico de quatro selos solares por cada uma das cinco células do tempo. Para qualquer uma das cinco séries, cada uma das quatro Ondas Encantadas está codificada cromaticamente por uma das quatro cores da ordem harmónica: vermelho, branco, azul e amarelo. Assim sendo, há Cinco Ondas Encantadas Vermelhas onde a primeira, a quinta, a nona e a décima terceira posições são Vermelhas; Cinco Ondas Encantadas Brancas onde a primeira, a quinta, a nona e décima terceira posições são Brancas; Cinco Ondas Encantadas Azuis, onde a primeira, a quinta, a nona e décima terceira posições são Azuis; E cinco Ondas Encantadas Amarelas, onde a primeira, a quinta, a nona e décima terceira posições são Amarelas.

Enquanto a quarta harmónica movida pela quinta cromática (princípio da geração de células do tempo) gera os 20 padrões de destino do Tabuleiro do Oráculo, a mesma harmônica multiplicada pela quinta cromática gera as 20 ondas do Giro Galáctico dispostas como Cinco Castelos da Viagem do Encantamento do Sonho. Os castelos estão para as células do tempo, tal como as 20 Ondas Encantadas estão para os 20 selos solares (ícones de Código do Encantamento).

Como o Tabuleiro do Oráculo, o Tabuleiro do Jogo abre-se em cinco folhas. Cada uma das cinco folhas representa um dos cinco Castelos do Tempo. Cada um dos cinco fractais de 52 Kins (quatro Ondas Encantadas) do Giro Galáctico é um quinto da Jornada da Viagem perfeita, uma arquitetura harmónica completa e inviolável chamada Castelo. Assim como a Onda Encantada possui sua arquitetura tonal dinâmica, também as quatro Ondas Encantadas que recapitulam as quatro constantes da ordem harmónica criam as quatro posições direcionais que constituem a arquitetura perfeita de um Castelo de Tempo. Cada castelo consiste em 52 Kins, 13 Harmónicas e quatro Ondas, e é um fractal perfeito de todos os outros castelos.

Cinco Castelos de 52 Kins girando num circuito vortical comum produzem as 260 permutações da frequência de tempo 13:20. Cada uma das 260 posições dos cinco Castelos do Tabuleiro do Jogo é um Portal Galáctico que representa uma das 260 entradas possíveis da ordem da Quarta Dimensão da realidade para o sensório da Terceira Dimensão chamado o corpo físico ou o fato espacial e quais são escritos no Livro de Kins como uma das 260 Assinaturas Galácticas correspondentes. As 260 posições do Tabuleiro do Jogo contam para cada permutação de um dos 20 ícones solares com um dos 13 tons galácticos e quatro cores harmónicas da criação. O tempo é biologia. A única codificação de frequência tripla ocorre Kin após Kin, dia após dia, garantindo ao sistema total planetário uma impressão evolutiva diária.

A cor e a qualidade dos cinco castelos de tempo seguem a ordem das quatro constantes de cores harmónicas mais uma, o quinto harmónico. Enquanto o movimento de cores das células do tempo em relação uma à outra criam um curva de informação bio-solar galáctica, o movimento de cor dos cinco castelos em relação um ao outro criam um ciclo de informação evolutivo bio-galáctico. O ciclo de informação bio-galáctica descreve uma jornada evolutiva no tempo através de cujas cinco etapas a natureza do ser galáctico gira, cruza, queima, dá e encanta. Cada volta vortical do ciclo de informação evolutiva bio-galáctica do Giro Galáctico recapitula, como um todo fractal, uma cosmo-génese em andamento.

No seu nível mínimo de informação, o Giro Galáctico imprime a cronósfera planetária a cada 260 dias com o ciclo de informação de cinco partes da gênese dos Cinco Castelos. Como uma descrição fractal completa da frequência 13:20, a Jornada pode ser usada para trazer maiores equivalências fractais do tempo, por exemplo, aqui um Kin pode ser igual a um ano solar, então, cada castelo representa 52 anos e toda a Jornada de 260 anos (contando para trás a partir de 2013). Ou, um Kin, equivaler a 20 anos solares, um castelo de 1040 anos solares e uma Viagem de 5200 anos solares Ou, um Kin pode equivaler a cem anos solares, um castelo de 5200 solares e a Viagem de 26 mil anos, etc.

Tal como acontece com o Tabuleiro de Oráculo, no Tabuleiro da Viagem, o Castelo Vermelho Este do Girar está no lado direito, o Castelo Branco Norte do Cruzar está na parte superior, o Castelo Azul Oeste do Queimar no lado esquerdo, o Castelo Amarelo Sul do Dar está na parte inferior e o Castelo Central Verde do Encantamento está no centro. Dentro de cada um destes Castelos estão as suas Ondas Encantadas codificadas por quatro cores. Cada sequência de Ondas Encantadas descreve o funcionamento interno de um castelo específico na criação da cosmo-génese em andamento. De acordo com a harmónica de cores, a função do castelo e a viagem codificadas pelo selo solar amarelo na posição auto-existente da Onda Encantada Vermelha, os Cinco Castelos de quatro ondas estão  representada os na página 45.

Quando cada Kin do Giro Galáctico é igual a cem anos ou um século do Encantamento do Sonho, então as 20 Ondas Encantadas do Tabuleiro da Viagem mostram 26.000 anos (260 séculos) da actual espiral evolutiva em que o subcorpus humano surgiu para dominar o corpus de matéria viva que constitui o componente orgânico da biosfera de todo o sistema da Terra. Esta jornada evolutiva de 20 Ondas Encantadas – 26.000 anos  é referida como a “Génese do Encantamento do Sonho”, em que cada Onda Encantada corresponde a 1.300 anos, e toda a Génese está dividida em três partes, de acordo com o rácio evolutivo descendente 5:3 :: 3:2, onde “5” representa as dez primeiras Ondas ou 13,000 anos da Génese do Dragão, “3” representa as próximas seis Ondas ou 7,800 anos da Génese do Macaco; e “2” representa as últimas quatro Ondas ou 5.200 anos da Génese da Lua. O ponto culminante da Génese  Evolutiva do Encantamento do Sonho está identificado pelo Kin 164, Semente Galáctica Amarela (26 de julho) 2013. Por este motivo, o kit de ferramentas galácticas do Encantamento do Sonho é referido como “A Viagem da Nave Tempo Terra 2013”.

 

 

 

 

Castelo Vermelho do Leste do Girar: Corte do Nascimento

Célula Vermelha do Tabuleiro do Jogo
Dragão Vermelho
Onda Encantada 1
O nascimento inicia o Girar
Mago Branco
Onda Encantada 2
A atemporalidade refina o Girar
Mão Azul
Onda Encantada 3
A realização transforma o Girar
Sol Amarelo
Onda Encantada 4
O fogo universal amadurece o Girar
O Castelo Vermelho Inicia Semente: através do nascimento a Semente gira

Castelo Branco do Norte do Cruzar: Corte da Morte

Célula Branca do Tabuleiro do Jogo
Caminhante do Céu Vermelho
Onda Encantada 5
O espaço inicia o Cruzar
Enlaçador dos Mundos Branco
Onda Encantada 6
A morte refina o Cruzar
Tormenta Azul
Onda Encantada 7
A auto-geração transforma o Cruzar
Humano Amarelo
Onda Encantada 8
O livre arbítrio amadurece o Cruzar
O Castelo Branco Refina o Guerreiro: através da morte o Guerreiro cruza

Castelo Azul do Oeste do Cruzar: Corte da Magia

Célula Azul do Tabuleiro do Jogo
Serpente Vermelha
Onda Encantada 9
A força vital inicia o Queimar
Espelho Branco
Onda Encantada 10
O infinito refina o Queimar
Macaco Azul
Onda Encantada 11
A magia transforma o Queimar
Semente Amarela
Onda Encantada 12
O florescimento amadurece o Queimar
O Castelo Azul transforma a Estrela: através da magia a Estrela queima

Castelo Amarelo do Sul do Dar: Corte da Inteligência

Célula Amarela do Tabuleiro do Jogo
Terra Vermelha
Onda Encantada 13
A navegação inicia o Dar
Cão Branco
Onda Encantada 14
O coração refina o Dar
Noite Azul
Onda Encantada 15
A abundância transforma o Dar
Guerreiro Amarelo
Onda Encantada 16
A inteligência amadurece o Dar
O Castelo Amarelo amadurece o Sol: através da inteligência o Sol dá
Castelo Verde do Sul do Encantamento: Corte da Matriz

Célula Amarela do Tabuleiro do Jogo
Lua Vermelha
Onda Encantada 17
A Água Universal inicia o Encantamento
Vento Branco
Onda Encantada 18
O espirito refina o Encantamento
Aguia Azul
Onda Encantada 19
A visão transforma o Encantamento
Estrela Amarela
Onda Encantada 20
A elegância amadurece o Encantamento
O Castelo Verde sincroniza o humano: através da Matriz o humano encanta

 

Fractais Espectrais

Fractais espetrais são uma função especial das cromáticas aplicada à estrutura do Castelos e demonstrada no Castelo do Destino codificado por quatro cores e 52 unidades (consulte a página 47). Esta construção formal mostra a estrutura das Ondas Encantadas movida por quatro cores para criar a arquitetura do Castelo, que é o puro fractal do movimento criado pela força g, a 5ª Força Galáctica. O Castelo do Destino é usado como regra de cálculo fractal do tempo onde cada uma das 52 unidades ou Kins pode assumir diferentes valores numéricos. Por exemplo, se um Kin é igual a sete dias, então, o Castelo de Destino representa 52 semanas do ano solar de13 Luas e cada Onda Encantada um trimestre de 13 semanas.

Entendida como a sequência de quatro cores de qualquer uma das Cinco Famílias Terrestres, esta estrutura fractal pode ser usada para traçar qualquer ciclo de vida ou destino de 52 anos, daí chamar-se “Castelo do Destino”.

O uso mais especial do Castelo do Destino é uma descrição do fractal espectral. O fractal espectral descreve o giro das 52 Cromáticas – 260 Kins que em concorrência  simultânea com o Giro Galáctico. Assim como as Cromáticas de cinco Kins dão as Harmónicas de quatro Kins, seu poder de movimento através do poder de circulação da Força g, o fractal espectral “puxa” o Giro Galáctico através do vórtice temporal, giro após giro.

A 5ª Harmónica que rege a cromática é demonstrado na proporção de 1:5, do fractal espectral de um castelo para os cinco castelos do Giro Galáctico. O fractal espectral é constituído por 52 Kins onde cada Kin tem um valor de cinco (52 x 5 = 260). O fractal espectral pode ser visualizado girando como uma sobreposição sobre os cinco castelos do Tabuleiro da Viagem. Enquanto os 260 kins do Giro Galáctico trazem as equivalências dos Kins da  Quarta Dimensão correspondentes à rotação de 260 dias tridimensionais, o fractal espectral de 52 cromáticas representa um rácio de informação sintetizada, puramente quadrimensional em ressonância com um factor de sincronismo da  Quinta  Dimensão ainda mais sintetizador.

O fator tempo da quinta dimensão é o princípio das quatro estações “Galácticas” ou Espectrais Galácticas que descrevem os poderes criativos primários da quinta força. Embora cada espectro seja matematicamente um quarto da sequência de sincronismo primário, do ponto de vista da quarta Dimensão estas estações são perceptíveis como trajectórias cromáticas, sendo cada trajectória um quarto de todo um espectro cromático. Tal como uma das quatro Ondas Encantadas do fractal espectral, cada Estação Espectral (espectro) consiste em 13 Cromáticas de cinco Kins ou 65 Kins. O movimento da Quinta para a Quarta Dimensão das quatro Estações Galácticas coordenada os giros galácticos contíguos galácticas da Quarta à terceira Dimensão. É chamado um Fractal Espectral porque o puro estado quadrimensional da realidade é espectral (forma e luminosidade) ao invés de material (volume e massa). Em termos matemáticos, a diferença entre o espectral e o material é resumida na proporção 1:5, onde “1” é a forma espectral sintetizada e “5” a complexidade da estrutura molecular.

Enquanto o Giro Galáctico é constituído por um movimento de 65 Harmónicas numa combinação com os 13 tons da Onda Encantada, e considerando que o giro harmónico subjacente a estas harmónicas consiste em 20 ícones em trajectória contínua com codificação de cores desde do código do Encantamento número 1 Vermelho (Dragão) para Código do Encantamento

número 20 Amarelo (= 0) (Sol), a sequência de 52 Cromáticas Fractais Espectrais começa com o código Amarelo 20 (= 0) (Sol) e termina com o código Azul 19 (Tormenta).

IMAGEM DA PÁGINA 43 (45) DO LIVRO EM INGLÊS

CASTELO DO DESTINO

A Cromática é puramente uma função do padrão de movimento ponto-barra, na qual há quatro conjuntos de cinco unidades de cada, cada unidade é composta pela sequência: barra, um ponto, dois pontos, ponto três, ponto quatro pontos. Cada uma destas quatro séries ou Cromáticas representa  cada um dos poderes das quatro Estações Galácticas ou espectros, o princípio da quinta força  do Tempo consubstanciada no fractal espectral de sincronismo. Seguindo a forma do código numérico 0-19 e inclusive os selos solares codificados por cor que proporcionam as quatro Cromáticas com seu Tom. As quatro Cromáticas são:

Cromática Amarela do Fogo Sol-Semente, baseada no Espectro Galáctico Amarelo (código 0-4)

Estação do Amadurecimento; 13 por Fractal Espectral

Cromática Vermelha do Sangue Serpente-Macaco, baseada no Espectro Galáctico Vermelho (código 5-9)

Estação do Iniciar; 13 por Fractal Espectral

Cromática Branca da Verdade Cão-Mago, baseada no Espectro Galáctico  Branco (código 10-14)

Estação do Refinar; 13 por Fractal Espectral

Cromática Azul do Céu Águia-Tormenta, baseada no Espectro Galáctico Azul (código 15-19)

Estação do Tansformar;13 por Fractal Espectral

 

 

Cromática       Cromática       Cromática       Cromática

Amarela          Vermelha        Branca            Azul

Polar                                                                                                                           Coroa

Familia Terrestre                                                                                                             Recebe

 

Cardinal                                                                                                                    Garganta

Família Terrestre                                                                                                Transmite

 

Central                                                                                                                       Coração

Família Terrestre                                                                                                 Transmuta

 

Sinal                                                                                                                           Plexo Solar

Família Terreste                                                                                                             Recebe

 

Portal                                                                                                                         Raiz

Família Terrestre                                                                                                 Transmite

Clã                   Clã                   Clã                   Clã

Fogo               Sangue          Verdade          Céu

CROMÁTICAS – IMAGEM DA PAGINA 44 (46) DO LIVRO EM INGLÊS

 

No código 0-19 as quatro Cromáticas criam um giro polar a partir da barra na parte superior para os quatro pontos na parte inferior da sequência, daí que o código de encantamento dos ícones ou Selos Solares são referidos como os quatro “Kins Polares” (ver: A Figura da Pág. 47). Estes quatro Kins Polares, Serpente Vermelha (código 5), Cão Branco (código 10), Águia Azul (código 15) e Sol Amarelo (código 20 = 0) articulam as Ondas Encantadas Fractais Espectrais de 13 Cromáticas, 65 Kins de cor correspondente em quatro etapas. Existem três sequências de 20 Kins e quatro cromáticas cada uma e uma de cinco Kins e uma cromática, para um total de 65 Kins ou 13 Cromáticas por Onda Encantada. Para cada série de Kins Polares em combinação com os 13 Tons Galácticos, há quatro Tons que iniciam as quatro sequências diferentes num espectro de Onda Encantada de 65-kin, que são os seguintes:

Tom 3 Eléctrico: inicia 20 Kins para estabelecer o Espectro Galáctico

Tom 10 Planetário: inicia 20 Kins de expandir o Espectro Galáctico

Tom 4 Auto-Existente: inicia 20 Kins para transformar o Espectro Galáctico

Tom 11 Espectral: inicia 5 Kins para transportar o Espectro Galáctico

Para qualquer Onda Encantada do fractal espectral, Tom 3 inicia o Portal Magnético; Tom 10 inicia a Torre Harmónica; Tom 4 inicia a Torre Solar; e Tom 11 inicia o Portal Cósmico. Assincrónico com o Giro Galáctico de 260 kins, o fractal espectral literalmente marca o Giro Galáctico da seguinte maneira:

65 Kins Espectro Galáctico Vermelho, iniciado pela Serpente Vermelha, código 5 na terceira posição (eléctrica) da Onda Encantada 15 da Noite Azul (Castelo Amarelo).

65 Kins Espectro Galáctico Branco, iniciado pelo Cão Branco, código 10 na terceira posição (eléctrica), da Onda Encantada 20 da  Estrela Amarela (Castelo de Verde).

(Ocorre, sempre, um novo Giro Galáctico, no segundo Kin da terceira Cromática da primeira fase de 20 kins do Espectro Galáctico Branco.)

65 Kins Espectro Galáctico Azul, iniciado pela Águia Azul, código 15, na terceira posição (eléctrica) da Onda Encantada 5 do Caminhante do Céu Vermelho (Castelo Branco).

65 kins Espectro de Galáctico Amarelo, iniciado pelo Sol Amarelo, código 20 na terceira posição (eléctrica) da Onda Encantada 10 do Espelho Branco (Castelo Azul).

Observe que a relação entre o Código e Onda Encantada e a cor do Selo Solar e Onda Encantada é uma constante antípoda, ou seja, números de código e da Onda Encantada têm sempre uma diferença de10, e cores consistentemente antípodas Vermelho-Azul, Branco-Amarelo. Desta maneira, o fractal espectral demonstra os princípios equalizadores da Matriz Radial, enquanto ordenando a mente nnum movimento circulatório da Quinta para a Quarta Dimensão da força g.

 

Bússola Galáctica

Juntamente com o Índice Harmónico, a Bússola Galáctica é a demonstração mais cosmologicamente completa dos princípios matemáticos do tempo da Quarta Dimensão. Estas duas ferramentas são fractais co-equivalentes uma da outra, sendo uma radialmente circular, e a outra radialmente retangular, ambos traçando uma série completa de permutações do código e a frequência do tempo 13:20.

Como uma estrutura fractal pura, do centro para fora, a Bússola Galáctica proporciona uma descrição do movimento desde da sétima à primeira dimensão, bem como um meio de traduzir  esta informação numa sequência diária, ou calendário, de leituras de frequência ressonante. Do centro para fora, a Bússola Galáctica está organizada:

  1. O ponto Verde central da Bússola representa o ponto infinitesimal, de ressonância, a sétima dimensão; relação 1:260 (= 0).
  2. Emanando desde do centro até às quatro pontas é o aquartelamento primário espectral da luz ou luminosidade , da sexta dimensão. relação 1:65.
  3. O próximo círculo é uma banda de cinco cores – o anel do Castelo – que representa a quinta dimensão; relação 01:52.
  4. De seguida temos o anel das Ondas Encantadas apresentando 20 selos solares na sequência de 20 Ondas Encantadas da 4ª Dimensão tempo; relação 01:13.
  5. O próximo anel para fora é o anel dos dias, mostrando a sequência diária dos 20 selos solares que criam as equivalências dos kins do tempo tridimensional; proporção 1:1
  6. Em seguida, vem o anel dos 13 Tons, que cria a sequência diária de Onda Encantada, e que representa a segunda dimensão eléctrica dos sentidos; proporção 1:1
  7. O anel amarelo mostra a sequência tonal da 1ª Dimensão como uma onda solar periódica; relação 01:20
  8. Finalmente, o anel verde ultraperiférico traduz a onda solar periódica em 19 sequências: 18 de 20 dias cada e uma dos cinco dias, que correlacionam o ciclo da Terra com sua órbita anual em torno do sol, de acordo com ambos os calendários, o Gregoriano e o calendário das 13  Luas.

Dado que a Bússola Galáctica é calibrada pela frequência de tempo 13:20, está dividida em 20 arcos de 18 graus cada. Dado que a menor unidade da frequência 13:20 é o giro de 260 Kins, e dado que este giro consiste apenas em treze sequências de 20 dias, o anel externo verde corre 13 sequências, assim continua suas seis sequências finais correlacionadas directamente sob o ponto de entrada de Bússola, 07.26[1] (26 de julho Gregoriano = 01.01[2] primeiro dia da primeira das 13 Luas). Isto significa que depois de 260 dias está no ponto de retorno do giro, 04.12 (12 de abril Gregoriano = 10.09, nono dia da décima das 13 Luas). A partir deste dia, o giro galáctico “repete-se” e os Kins equivalentes ao final das seis datas correlacionadas coincidem com os seis primeiros.

[Nota: Aqui as datas que aparecem no anel externo, verde, são mostradas sem correlação com as 13 Luas na numeração “dia. mês”, ou seja, em vez de 07.26, como indicado acima, 26.07 é mostrado. Para uma cópia da Bússola Galáctica, vá para: Http://www.tortuga.com/rinri/wizards/index.html]

 

Bússola Galáctica

A Bússola Galáctica é responsável por 18.980 possibilidades de permutação de Kins. Estes 18.980 Kins constituem o Ciclo Galáctico de 52 anos solares. Por outras palavras o calendário galáctico leva precisamente 52 anos, até que de uma das 260 Assinaturas Galácticas caia novamente no mesmo dia do ciclo solar de 365 dias. Isso é demonstrado na  parte de trás da tabela da Bússola Galáctica. Na borda exterior da tabela estão os número 1-13 (representando os 13 tons Galácticos) combinados com um dos quatro nomes, que representam os quatro dos 20 selos solares que constituem a Família Terrestre Portal. Isto mostra o ciclo de 52 Portais Galácticos (Tom e Selo) que caem anualmente sobre a data Gregoriana de 26 de julho, ou dia Um da Lua Magnética do Calendário das 13 Luas. As tabelas também mostram este princípio de periodicidade de 52 anos, para uma série de cinco ciclos (1754-2013), o ciclo de 260 anos de transformação Biosférica.

Uma série similar de ciclos pode ser traçada para qualquer dia do ano, repetido anualmente em séries de quatro anos. Existem cinco séries que codificam os dias do ano que se chamam as Famílias Terrestres. Cada Família Terrestre é codificada como um conjunto de quatro Selos Solares com o mesmo número de pontos ou barras (veja acima: Castelo do Destino, código 0-19; também as Cromáticas, pag 47). Os quatro selos solares que se repetem para primeiro dia da Lua Magnética representam a Família do código de encantamento de quatro pontos, chamada Portal. Esta série de números de código (Lua Vermelha-9, Mago-14, Tormenta Azul 19 e Semente Amarela 4) de acordo com a cor completa, sempre, uma das quatro Cromáticas. Qualquer posição do disco no centro da Bússola irá definir uma das cinco Famílias Terrestres, quer sobre o disco da Onda Encantada ou o disco dos dias. Através do uso da Bússola Galáctica, qualquer ser humano pode começar a traduzir a sua realidade da Terceira para a Quarta Dimensão e, desta forma, participar da transformação da Biosfera para a Noosfera.

 

Índice Harmónico

Enquanto a Bússola Galáctica mostra a ordem radial do Tempo Galáctico nos seus rácios dimensionais uns com os outros, com o ciclo mínimo Solar Galáctico de 52 anos terrestres, o Índice Harmónico (ver página 52) é uma descrição perfeita da frequência de tempo auto-ressonante 13:20. Como um catálogo e calibrador, o Índice Harmónico armazena informações numa rede básica de 13 x 20 unidades, onde as linhas horizontais recebem os nomes e as cores dos 20 Selos Solares na sequência do Dragão Vermelho ao Sol Amarelo, e as linhas verticais correspondem aos 13 giros harmónicos criados por estes 20 ícones enquanto se movem pelos 13 tons galácticos.

Assim como os selos solares “tangem” uma vez por cada um dos tons galácticos num padrão que corresponde a periodicidade do rácio solar 01:20 disco amarelo da Bússola Galáctica, então os 13 tons executam em uma sequência de 20 Ondas Encantadas através da rede do Índice Harmónico. Esta sequência repetida de tons 1-13 corresponde ao disco branco 1-13 da Bússola Galáctica sendo movido 20 vezes em sua proporção de 1:1 com o disco dos dias. O giro harmónico de 20 selos solares, Dragão-Sol, corresponde ao disco branco dias da Bússola, que se repete 13 vezes na proporção de 1:1 com o disco dos tons da Bússola. Onde quer que 1 apareça no Índice Harmónico, indica um dos 20 Portais Magnéticos que abrem cada uma das 20 Ondas Encantadas. A sequência de Portal Magnético “1” designada no Índice Harmónico corresponde ao disco das Ondas Encantadas da Bússola, que vai do Dragão à Estrela.

 

Índice Harmónico – IMAGEM DA PAGINA 49 (51) DO LIVRO EM INGLÊS

 

No topo do Índice Harmônico estão as designações doa 13 giros harmónicos, com números dos Kins, 20 por giro, a ser correlacionados com a sequência de 260 Assinaturas Galácticas no Livro dos Kins. Codificados por cores na parte superior do Índice, da esquerda para a direita, está a sequência vermelho, branco, azul, amarelo e verde, representando os cinco Castelos posicionados acima das seus respectivos giros harmónicos e incluindo informações sobre sua Cor, número de Onda Encantada, números de Harmónica e números de Kin.

Ao longo do lado direito do índice a mesma codificação da Cor (vermelho, branco, azul, amarelo e verde) indica as cinco células do tempo, quatro selos na sequência de cor vermelho-amarelo, dentro de cada célula do tempo. Uma vez que as Harmónicas de quatro Kins se baseiam na célula de tempo, os Números Harmónicos são listados em sequência, cinco por giro harmónico, no topo de cada divisão célula de tempo do Índice Harmónico. Abaixo de cada número harmónico há um número numa faixa verde, que representa o número harmónico inverso.

A natureza radial do Índice Harmónico é mostrada na listagem numérica de harmónicas e suas inversas. Observe como os quatro cantos são inversos um do outro, num padrão diagonal que é a pura expressão da matriz radial. Seguidamente, veja que as células do tempo Vermelha e Verde são inversas uma da outra, enquanto a Branca e a Amarela também são, completamente, inversas uma da outra. A célula do tempo Azul cria os seus próprios padrões inversas. Da mesma forma, note que o Castelo Azul é constituído inteiramente pelo seu próprio inverso, enquanto os Castelos Vermelho e Verde, Branco e Amarelo também harmonicamente inversos um do outro.

Note-se que existem 65 Harmónicas, divididas em 32 conjuntos de harmónicos e suas inversos, cada par de números que soma 66 (65 + 1), e uma harmónica que é seu próprio inverso, a 33ª harmónica, que dobrada também é 66. Observe a posição da 33ª harmónica precisamente no centro da coluna central do giro da 7ª Harmónica. Como a Célula Azul do Tempo e o Castelo Azul do Oeste, o Sétimo Giro Harmónico é seu próprio inverso, todos os seus harmónicos sendo invertidos em si. Observe, também, que Harmónicas e Inversas também se unem de acordo com conjuntos de Giros Harmónicos emparelhados: o 1º e 13º, o 2º e 12º, o 3º e 11º, a 4º e 10º, 5º e 9º e 6º e 8º. Desta forma, a Matriz Radial é completamente expressa, caso contrário, aparece como um mero modelo ou tabela de permutação bidimensional.

Existem dois outros padrões indicados directamente na rede do Índice Harmónico. Começando de cima para baixo e em movimentos de cinco estão os Kins Polares: Serpente Vermelha, primeiro quinto; Cão Branco, segundo quinto; Águia Azul terceiro quinto; e Sol Amarelo quarto quinto. O Kin Polar está indicado nas posições de 3-10-4-11, articulando as três fases de 20 Kins e uma de 5 Kins de cada uma das estações ou espectros galácticos. Note-se que o giro da 13ª Harmónica está dividido entre os últimos nove kins da Estação da Serpente e o primeiro onze Kins da Estação do Cão. A conclusão da fase de estabelecimento da Estação do Cão é sempre nos primeiros nove dias do próximo giro Galáctico. A primeira “nova Estação” de qualquer giro começa sempre com Águia 3, Onda Encantada 5 no Terceiro Giro Harmónico.

O outro padrão indicado no Índice Harmónico é o “Tear das 13 Luas”. Este padrão indica uma sequência de 52 Kins referidos no Livro dos Kins, como Portais de Activação Galáctica (GAP days – Dias Verdes)[3]. Também me refiro ao “Tear das 13 Luas” como o “Tear dos Mayas” (1987) e a “Configuração do Terceto Binário” (1984). O padrão deste tear é mais uma demonstração do poder da Matriz Radial. Na realidade o tear consiste em 13 séries de dois pares de Kins correspondentes com uma relação de cor oculta entre si, daí se chamarem quartetos ocultos. A estrutura de cada Quarteto cria uma matriz equidistante de si mesma no Índice Harmónico, enquanto os números tonais de cada uma das quatro posições de qualquer um destes 13 quartetos soma  28.

Treze quartetos 28 vezes produzem uma soma tonal de 364. Por esta razão esta configuração é chamada o Tear das 13 Luas, pois no calendário das 13 Luas são 28 dias cada Lua, que perfazem um total de 364 dias, menos o Dia Verde “Mais Um”, que está englobada como ponto indefinível, no centro da 33ª Harmónica. Enquanto qualquer par de Kins ocultos no Índice Harmónico produzirá um padrão cuja soma é sempre 28, o padrão de Tear de 13 Luas distingue-se pela elegância de sua forma fractal, indicando uma relação radial entre a circulação orbital do tempo tridimensional, como um padrão de dias 364+1 e a matriz quadrimensional do Giro Galáctico de 260 Kins. A relação entre o padrão orbital da 3ª Dimensão e o padrão de 4ª Dimensão radial é pontuada pelos 52 dias GAP irá revelar mais pistas sobre a natureza do tempo e a transição evolutiva da Biosfera para a Noosfera.

Na essência, o Índice Harmónico em todos os seus padrões é um compêndio de categorias ressonantes e possibilidades de calibração radial. É uma prova e uma ferramenta para seguir os registos dos Kins mediante Cronósfera do planeta. Por sua vez, Como soma dos registos da frequência 13:20, a Cronósfera imprime estes registos no banco PSI à medida em que os seres humanos optem por assumir as suas entidades galácticas Como os seres humanos elegem a assumir suas identidades galácticas, de acordo com o livro do Kins, Banco PSI irá tornar-se correspondentemente mais activado. Como o banco Psi torna-se fica mais activa e a Cronósfera auto regularizar-se-á. à medida em que a Cronósfera se auto regula, a transição da Biosfera para a Noosfera aborda o seu clímax. Este é momento de culminante para o qual a os humanos foram projectados para catalisar a Terra para um reino de consciência luminosa além da descrição do presente.

 

O Pentágono Binário

O Pentágono Binário é uma função especial mega fractal de quinto tom harmónico usado para descrever:

  1. A função respiratória do total sistema estelar planetário (código galáctico Solar 0-19); e
  2. A progressão de sequências de bio mutáveis ou Génesis da actual espiral evolutiva (Génesis da Viagem do Encantamento do Sonho). O poder do quinto cria os cinco giros do Pentágono Binário. Em ambos os casos o Pentágono Binário é uma estrutura pentagonal (cinco ângulos, 72 graus cada), que pode ser vista como a progressão de cinco células perfeitamente codificados por cores de quatro unidades cada, e/ou como dois anéis, um exterior e outro interior.
  1. O Código Solar Galáctico 0-19 mostra a progressão dos Kins diários de acordo com a sequência cromática 0-19, codificada de acordo com as orbitas planetárias numa relação mútua, onde a sequência 0-9 vai desde o canto superior esquerdo até ao canto superior direito no disco verde exterior. Isto representa o movimento galáctico do planeta mais externo, Plutão, até ao mais inerior, Mercúrio, juntamente com os números de código correspondentes. O movimento solar do Código 10–19 prossegue no disco interior amarelo na direção oposta, do canto superior direito para o canto superior esquerdo. Cada par de números de código no anel interno e externo constitui uma relação de cor analógica. Este Pentágono Binário descreve tanto um sistema total, a relação dos planetas uns aos outros, como também, uma sequência diária na sua globalidade cosmológica;
  2. A Génesis do Encantamento do Sonho demonstra praticamente o mesmo desenho: cinco blocos de quatro unidades, sendo cada uma codificada por cor, dispostos em dois círculos, interiores e exteriores. Enquanto o Pentágono Solar  Galáctico descreve a sequência diária de 1:1; O Pentágono da Génesis descreve a sequência 01:13 das Ondas Encantadas. A progressão exterior decorre do Dragão (1) ao Espelho (10). O anel interior, seguindo o mesmo movimento como o anel exterior, descreve a progressão do Macaco (11) à Estrela (20). Enquanto a progressão exterior de dez Ondas Encantadas descreve a Génese Principal do Dragão, a progressão interna descreve a divisão fractal mínima da Génesis Primária em duas Génesis secundárias, a do Macaco e da Lua.

As três Génesis têm uma relação fractal mútua que descreve a ordem involuntária decrescente: 10:6 :: 6:4 (5:3 :: 3:2). O rácio descendente da involução explica a compressão do  no espaço para a compressão de tempo no espaço, que ocorre na Génese da Lua, onde 4=(10+6), ou 4=(16)=4 ao quadrado. As unidades dos conjuntos de pares nos anéis interior e exterior possuem um Código Antípoda  perfeito e uma relação de Cor entre si. A relação de unidades entre si e o todo exposta tanto pelo Código Solar Galáctico 0-19 como pela Génese do Encantamento do Sonho constitui uma flexão binária mínima (movimento aos pares de acordo com anéis interno e externo) da quinta harmónica organizada como um fractal pentagonal. Desta forma, o Pentágono Binário é uma medida fractal da ordem cosmológica de 1:1 do Sistema Estelar Planetário (analógico) e da sequência bio mutável 01:13 de “Génesis” (antípoda).

 

Imagem dos 20 Selos Solares – Página (52) 54 do Livro em inglês

 


[1]
Na Bússola galáctica, as datas são indicadas de acordo com a numeração usual em inglês, ou seja, primeiro mês e depois o dia. (Nota do Autor)
[2]
Note que a numeração corresponde à língua inglesa e deve ser lido “lua – dia”
[3]
Segundo iniciais em inglês (Nota do Autor)

 

Scroll to top