8: O Começo do Caminho na Busca do Conhecimento do Tempo

Parar o Tempo: Busca do Conhecimento do Tempo

Em qualquer confrontar honesto em relação ao que realmente se passa no mundo, deves começar primeiro por ti. Mudar a tua atitude é o primeiro passo para mudar o teu mundo. Torna-te a mudança que queres ver.

Já falámos de tempo de qualidade. O real tempo de qualidade é o tempo da alma. Como é que podes lidar com a tua alma? Primeiro que tudo, tens que arranjar espaço para isso. Tens que dizer, não! Eu não vou ligar a televisão. Durante a próxima hora eu vou lidar com a minha alma. Eu vou dar à minha alma algum tempo de qualidade.

Para fazeres isto, precisas de ir para um canto sossegado, e simplesmente sentares-te aí. Se tiveres que, olha para a parede. Já reparaste como a tua mente não para, numa corrida desassossegada, quase em pânico? Olha para todos esses pensamentos. Quem é que está a pensá-los? O que estão eles a tentar fazer? Estão a tentar tirar-te da paz que tens com a tua própria alma! Para ouvir o que a tua alma te quer dizer, precisas de ter uma mente calada. Como é que vais fazer isso?

Bom, primeiro que tudo senta-te direito e respira fundo. Enquanto expiras, diz para ti próprio que estás a expirar todos aqueles pensamentos distractivos que estão a impedir-te de ouvir a tua alma a falar contigo. O que mais queres é ouvir o que a tua alma tem para te dizer. Demora um tempo, mas se continuares a expirar todos esses pensamentos de distracção, acaba por acontecer.

Podes também rezar a Deus, se é do teu gosto. Diz: ” Meu Deus! Preciso de lidar com a minha alma. Preciso de ouvir o que ela tem para me dizer. Senhor, dá-me paz na minha mente para que a minha alma possa dizer o que quer fazer com o seu tempo.”

Assim que experimentares um pouco de silêncio na tua mente, deixa a tua alma falar-te do tempo. O teu tempo. E sobre o caminho na busca do conhecimento do tempo. Se começares esta experiência com o conhecimento da tua impotência em relação ao facto de teres aceitado cegamente o tempo em que vives, vais querer ir pelo caminho do verdadeiro tempo, o tempo de alma, o tempo natural.

O que é que a tua alma tem a dizer sobre tudo isto? Lembra-te que tudo isto tem a ver com a parar o tempo, e o primeiro lugar para fazê-lo é dentro de ti. Isto é, parar o velho tempo. Isto significa, parar todos os velhos programas que te programam através do relógio e do calendário que nunca percebeste muito bem.

É por isso que tens que ir mais devagar. Talvez até te perguntes: “Porque é que a minha mente vai tão depressa? Onde é que eu vou, se já estou aqui? Será que a minha mente de corrida tem alguma coisa a ver com o tempo? Porque é que me sinto sempre com pressa, como se nunca tivesse tempo para nada?”

Sim, é isso mesmo. Vamos lá falar da verdadeira busca da alma com uma honestidade sem medo. Como é que podes sentir que nunca tens tempo suficiente? Suficiente tempo para quê? Se tempo é tudo o que realmente tens e sentes que não tens o suficiente, então o que se passa?

Isso leva-nos ao ponto essencial. Em qual tempo, estás tu? Se não estás sozinho, e todas as outras pessoas estão no mesmo tempo, e mesmo assim o resultado é insatisfatório para a maioria, então deverias começar a aprender um pouco mais sobre o que se passa. Talvez devas escrever umas coisinhas, perguntar-te algumas perguntas e ver se consegues respondê-las.

Perguntas para as pessoas que admitem a sua impotência em relação ao tempo em que vivem.

  • 1. Quando é que foi a primeira vez que aprendi o calendário?
  • 2. O que é que pensei sobre isso?
  • 3. Será que sei porque se chama calendário Gregoriano?
  • 4. Quando é que foi a primeira vez que aprendi sobre o relógio?
  • 5. O que pensei sobre isso?
  • 6. Sei qual é a fase que a lua está neste momento?
  • 7. Quando é que foi a ultima vez que vi a lua cheia?
  • 8. Quando é que foi a ultima vez que vi amanhecer do sol?
  • 9. Quando é que foi a ultima vez que vi o pôr-do-sol?
  • 10. Quantas estrelas eu consigo reconhecer no céu à noite?
  • 11. O que são os Equinócios e quando acontecem?
  • 12. O que são os Solstícios e quando acontecem?

Não tenhas medo da tua ignorância. Como é que podes aprender algo novo, se não eras ignorante acerca dalguma coisa. Demorando tempo ao responderes a estas perguntas posicionaste-te no caminho. O caminho na busca do conhecimento do tempo. Ao responderes a estas perguntas deves também ter-te apercebido do pouco que sabes. Aprendeste também como a aceitação de um dogma pode manter a ignorância. E pensaste, porque é que vou ser ignorante acerca do tempo? Quem é que beneficia disto?

E aqui está a pergunta bónus:

  • 13. Qual é a relação entre o tempo e dinheiro e o facto que eu tenho tão pouco tempo?

Se queres mesmo a liberdade e a iluminação, então vais ter que fazer alguma coisa acerca da tua impotência. Um teste honesto da tua ignorância é o começo. E assim podemos começar a construir o caminho na busca do conhecimento do tempo, iniciando um programa para engrandecer a tua sensibilidade com o tempo real, o tempo natural, o tempo do cosmos. Afinal de contas, queres ou não, estar conectado com o cosmos? Não tens que ir numa nave espacial para chegar lá. Podes fazê-lo fluindo com o tempo natural.

Mas para fluíres com o tempo natural tens que estar disposto a admitir que o tempo em que tens vivido talvez esteja todo errado. Admitir isto é o primeiro passo para ter de volta o teu poder.

Lembra-te, conhecimento é poder. Este livro é só sobre ganhares poder em relação ao tempo. Se queres mesmo fazer alguma diferença no mundo, e se queres mesmo que o mundo seja diferente, então o caminho na busca do conhecimento do tempo põe nas tuas mãos o poder para fazer isso. Em facto, se quiseres, podes tornar-te um co-criador do tempo, do tempo novo. Tu e muitos outros como tu que ganham este poder sobre o tempo, podem fazer uma grande diferença no mundo e torná-lo um mundo diferente.

Este livro guia-te nos primeiros passos para o caminho na busca do conhecimento do tempo, mas a tua sensibilidade ao programa do tempo natural tem que ser feito por ti.

Para a tua sensibilidade ao programa do tempo natural, deves descobrir:

  • Quando é que será a próxima lua cheia. Vê se consegues pará-la de crescer.
  • Onde é que será um bom sitio para ver o amanhecer do sol. Vai lá e experimenta.
  • Onde é que será um bom sitio para ver o pôr-do-sol. Vai lá e experimenta.
  • Quando é que será a próxima lua nova, e escolhe essa noite para observar o céu à noite. Porque é que será que é este o melhor momento para ver as estrelas?
  • Quando é que a próxima lua nova vai aparecer novamente e a que horas do dia.

OK! Embarcaste agora no caminho do poder que é o conhecimento do tempo. E o teu programa sensível de tempo natural está agora a ser lançado. Vamos deixar a bola rolar! Fazendo de ti uma pessoa mais informada e melhor, o teu poder sobre o tempo vai fazer um mundo melhor.