Kin 17, Terra Auto-Existente Vermelha

Qual é a forma?

Kin 17, Terra Auto-Existente Vermelha

Evoluir, Medindo a Sincronicidade com o poder da Navegação

Kin 17, Terra Auto-Existente VermelhaO Tom Autoexistente (CAN) induz-me a questionar: o quê, onde, quando, porquê e como; induz-me a definir detalhes, especificar, determinar parâmetros e medir possíveis cenários. Planeio e sonho com a estrutura que almejo! A sabedoria do tom autoexistente ajuda o meu desenvolvimento ao observar que, quando registro a fórmula para a criação de algo, os outros podem replicá-las, baseando-se nos meus valores. Lembro-me das minhas definições cotidianas e construo as minhas próprias percepções, que dão forma ao mundo. Todos funcionamos como sistemas abertos, portanto sou capaz de reestruturar as minhas perspectivas e transformar a minha realidade!

Como um sistema em sincronia, a Terra Vermelha (Caban) é o ser consciente e senciente, um membro íntegro da comunidade galáctica. A humanidade, como parte única desse sistema vivo, pertence à Terra, e a nossa evolução colectiva é uma jornada compartilhada através do tempo. Ao viver em ressonância com a Terra, mantenho uma conexão mútua que alimenta o meu espírito e informa a minha navegação. Troco o poder da cura e do suporte quando afirmo conscientemente a minha unidade. A sincronicidade nasce a partir do tempo. O tempo natural da vida expressa-se como uma “ordem sincrónica”, a qual coordena os desdobramentos de todos os eventos numa expressão cósmica do agora. A sincronicidade acontece a todo momento, mas para percebê-la é preciso profunda atenção e sensibilidade. A Terra Vermelha é o ponto de acesso ao meu alinhamento natural com o poder da Terra. É o ponto zero da perfeita centralização com o eterno presente, do qual todo o alinhamento e toda a mágica se manifestam. O meu centro e o centro da Terra carregam o segredo da força magnética da gravidade. Centralizo-me no momento presente! Este é o lugar em que mais posso observar beneficamente as sincronicidades e revelações a respeito do meu padrão pessoal e do seu propósito maior.

A forma ideal emerge quando entrego o propósito de encantar atraindo a receptividade para a minha vida bem como os meus desejos ao Plano Maior e me torno receptivo e confiante em relação à forma que é canalizada através de mim. Uso o poder da definição para ver, compreender e relacionar-me com a vida mais autenticamente. Medir permite-me ver a dimensão das coisas e dá-me o poder do discernimento, para que se manifeste o alinhamento correto.

“Vigilante do planeta, define a semeadura perfeita: que queres nesta existência?”

Kin 17, Terra Auto-Existente Vermelha

Eu defino com o fim de evoluir
Medindo a sincronicidade
Selo a matriz da navegação
Com o tom auto-existente da forma
Eu sou guiado pelo poder do espaço

 

TOM 04: Autoexistente (CAN) – Qual a forma?
PODER – Define | ACÇÃO – Mede | ESSÊNCIA – Forma

SELO 17: Terra Vermelha (CABAN)
PODER – Navegação | ACÇÃO – Evoluir | ESSÊNCIA – Sincronicidade