Kin 219, Tormenta Espectral Azul

Como liberar e deixar ir?

Kin 219, Tormenta Espectral Azul

Catalizar, Libertando a Energia com o poder da Auto-geração

Kin 219, Tormenta Espectral AzulO Tom Espectral (BULUC) representa o poder da dissolução criativa e da estrutura dissonante. Aquilo que pode parecer o caos e a destruição pode ser, na verdade, uma força necessária para liberar e libertar estruturas e paradigmas rígidos. Conforme liberto o que já não me serve mais, crio novas oportunidades para novos conhecimentos surgirem. O tom Espectral tira-me da rotina, deixando-me livre de expectativas e noções pré-definidas, libertando energia num espectro de possibilidades! O poder espectral encaminha-me para dissolver conceitos fixos, medos ou padrões instalados na minha mente com o objectivo de catalisar libertando energia. O Tom Espectral declara: “Eu atraio as reviravoltas e descobertas, eu dissolvo identidades para catalisar, eu abro espaço para novos modelos, eu manejo a dissonância como uma força que liberta, eu dissolvo crenças limitantes para catalizar libertando energia e construo – sem caixas, sem separações, sem fronteiras”.

A Tormenta Azul (CAUAC) representa a iniciação pelo fogo, a chegada dos trovões para a transformação final. Para os Maias, a Tormenta representa a tempestade, a nebulosa cheia de chuva purificante, e o raio que despedaça qualquer estrutura falsa de realidade. A Tormenta é a purificação do “templo corporal”, é o Selo que ajuda na desintegração do processo que me move da separação para a ascensão. Apenas a minha verdadeira identidade sobrevive no fogo da iniciação, pois renasço no coração do todo. A tormenta fornece a água que purifica e sacia a minha sede espiritual. Lembro-me que escolhi fazer parte deste renascimento planetário e pessoal. O sonho planetário, o milagre terrestre, é o que me trouxe aqui. Um catalizador inicia ou acelera um processo ou evento sem ser afetado ou consumir energia no processo. Como agente catalizador, tenho a habilidade de induzir respostas e reacções, estimular mudanças e transformações. A minha energia pessoal sempre mexe com as coisas, afecto a química de cada situação em que estou. Se puder ser o centro da Tormenta, o olho do furacão, ganho o poder de alterar o ambiente ao meu redor sem ser levado embora pela tempestade. Deixo a minha energia circular, renovo-me e reconfiguro-me. Estrondosas erupções podem ser purificadoras. Solto a intensidade enquanto permaneço ancorado ao centro da quietude, onde ao redor dança o caos. Hoje, é o dia para dar poder a minha capacidade de transformação do exterior. Um dia para fazer mudanças e provocar reacções com impacto na minha vida, entregando as falsas identidades para o caos.

Deixo ir! Absorvo a vida, absorvo novos ares. Sou flexível ao fluxo sem forma do universo. Permito que o meu foco cubra um vasto alcance. Dissolvo sentimentos que me limitam a libertação de energia. Acolho a espontaneidade e os desvios inesperados. Desfaço, quebro, misturo tudo! Permito que a minha energia viaje para onde for necessário. Liberto-me de todas as fronteiras, crenças, estruturas e limitações. Sou verdadeiramente livre. Trago a energia da liberação a todas as áreas da minha vida que precisam ser preenchidas com liberdade. Acredito que tudo é possível, que existo num universo ilimitado. Dissolvo todas as formas de pensamento de derrota e hábitos que me tirem o poder auto geração. Deixo ir ou abro mão de qualquer coisa que me impeça de fazer brilhar a minha luz.

“Estou no meio de uma revolução pessoal; despojo-me de velhos esquemas e experiências passadas.”

Kin 219, Tormenta Espectral Azul

Eu dissolvo com o fim de catalizar
Libertando a energia
Selo a matriz da autogeração
Com o tom espectral da libertação
Eu sou guiado pelo meu próprio poder duplicado

 

TOM 11: Espectral (BULUC) – Como libertar e deixar ir?
PODER – Dissolve | ACÇÃO – Libera | ESSÊNCIA – Libertação

SELO 19: Tormenta Azul (CAUAC)
PODER – Autogeração | ACÇÃO – Catalizar | ESSÊNCIA – Energia

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *