Kin 45, Serpente Rítmica Vermelha

Como equilibrar o desafio?

Kin 45, Serpente Rítmica Vermelha

Sobreviver, Equilibrando o Instinto com o poder da Força Vital

Kin 45, Serpente Rítmica VermelhaO Tom Rítmico (UAC) é o tom da organização e do equilíbrio. Toda a vida na Terra é influenciada pelos ritmos das combinações dos movimentos celestes, incluindo os ritmos do nosso corpo. O período do dia, por exemplo, oferece uma energia muito alta do Sol que externaliza a comunicação e o esforço. O período da noite, ao contrário, acolhe o aprofundamento da intuição e dos processos internos. Ao perceber as oscilações da natureza, recebo o apoio dos seus ciclos para aprimorar os meus esforços. Quando presto atenção aos meus ritmos pessoais, posso encontrar maneiras inovadoras para ter acesso níveis mais profundos de equilíbrio, tanto físico quanto emocional. Uma sensação de equilíbrio pode ser conquistada quando aceito a vida como um processo, um movimento contínuo que requer organizações e reorganizações, um malabarismo sagrado. Quando organizo os elementos da minha vida, trago eficiência e funcionalidade para a minha realidade. Através dos olhos da igualdade, todos os momentos contribuem igualmente para o equilíbrio sagrado da minha vida.

A Serpente Vermelha (CHICCHAN) representa o primórdio da minha natureza, da minha sabedoria corporal instintiva, da minha sensualidade e paixão. Ela convida-me a centralizar-me no meu veículo terrestre, honrando o meu corpo como um mecanismo incrível e sensual, reconhecendo-o como um instrumento que me oferece infinitas oportunidades. O meu corpo é o meu templo, meu único lar durante a vida. Ele possui uma linguagem só sua e convida-me a pisar, respirar, esticar, mover, dançar, descobrir, e acima de tudo sentir. Sou uma criatura, não um intelecto. Sigo o meu corpo! A força vital é a minha vitalidade. A cada momento as decisões que tomo têm impacto no meu stock de força vital, cultivo e cuido dela. Uma das fontes mais poderosas de força vital que todos possuem é a energia sexual. A Serpente é o aparato estrutural básico das minhas motivações, instintos e desejos. Ela pede que cubra a pele do meu passado e passe pelas transmutações físicas do fogo. Com a energia da Serpente, aprendo a utilizar a inteligência inata do meu corpo. É comum haver uma separação de corpo e alma por questões culturais, e quando reprimo ou ignoro problemas, o meu corpo recebe e guarda metáforas inconscientes. Ele expressa isso através de sintomas físicos, que tornam os meus problemas conscientes novamente. Quando isto acontece, trabalho mais a relação da minha consciência com o meu corpo e as questões físicas para me curar a todos os níveis. Na verdade, o corpo é uma metáfora viva que reflecte a minha mente. Ele também guarda experiências passadas, e consequentemente traz a consciência do passado, expressando-as em traumas e ferimentos. Abro-me e sinto as mensagens do meu corpo como metáforas ao invés de simplesmente armazená-las. Exploro o que ele me mostra. Presto atenção aos problemas relacionados com a intimidade e sexualidade. Tenho certeza de estar no ritmo certo da dança entre o meu corpo e a minha alma. A Serpente Vermelha pede-me que desperte a minha vitalidade, a minha sabedoria corporal, a paixão pela vida. Hoje, é um dia muito poderoso para purificar o meu corpo ou praticar exercício físico. É um dia para ouvir a minha sensualidade e aproveitar os prazeres dos meus sentidos. É um dia em que o meu corpo se manifesta com mais intensidade, de forma mais instintiva, e é importante dar-lhe o que ele deseja: desporto, dança, comida, descanso, massagem, sexo… Não tenho medo, o meu corpo leva-me exactamente para onde preciso estar.

Sou lembrado que “tudo passa” e que “tudo volta”. Vejo todos os seres na luz da igualdade. Quando reconheço cada um como um Kin Planetário, todos carregamos um poder e um lugar igualmente importantes. Igualdade significa equilíbrio e proporções iguais. É preciso consciência e compromisso para criar igualdade e equilíbrio. Equilíbrio orgânico significa que a vida está sempre a crescer, a evoluir e a transformar-se. Portanto, é preciso estar sempre a equilibrar as coisas. Então tudo flui com eficiência, sem esforço; pacífica e harmoniosamente. Trabalho com a minha mente para nutri-la com energias que a equilibrem, levando-a a um estado de cooperação com o espírito.

“Equilibro e harmonizo o que penso de meu corpo e de minha sexualidade.”

Kin 45, Serpente Rítmica Vermelha

Eu organizo com o fim de sobreviver
Equilibrando o instinto
Selo o armazém da força vital
Com o tom rítmico da igualdade
Eu sou guiado pelo meu próprio poder duplicado

 

TOM 06: Rítmico (UAC) – Como equilibrar o desafio?
PODER – Organiza | ACÇÃO – Equilibra | ESSÊNCIA – Igualdade

SELO 05: Serpente Vermelha (CHICCHAN)
PODER – Força Vital | ACÇÃO – Sobreviver | ESSÊNCIA – Instinto