Kin 89, Lua Espectral Vermelha

Como liberar e deixar ir?

Kin 89, Lua Espectral Vermelha

Purificar, Liberando o Fluxo com o poder da Água Universal

Kin 89, Lua Espectral VermelhaO Tom Espectral (BULUC) representa o poder da dissolução criativa e da estrutura dissonante. Aquilo que pode parecer o caos e a destruição pode ser, na verdade, uma força necessária para liberar e libertar estruturas e paradigmas rígidos. Conforme liberto o que já não me serve mais, crio novas oportunidades para novos conhecimentos surgirem. O tom Espectral tira-me da rotina, deixando-me livre de expectativas e noções pré-definidas, libertando-me num espectro de possibilidades! O poder espectral encaminha-me para dissolver conceitos fixos, medos ou padrões instalados na minha mente. O Tom Espectral declara: “Eu atraio as reviravoltas e descobertas, eu dissolvo identidades, eu abro espaço para novos modelos, eu manejo a dissonância como uma força que liberta, eu dissolvo crenças limitantes e construo – sem caixas, sem separações, sem fronteiras”.

O símbolo da Lua Vermelha (MULUC) é como um portal, que me convida a encontrar-me novamente dentro da minha pureza, limpar-me de toxinas, distorções, falsidades e energias que não me servem mais. Uma das forças mais poderosas de purificação é a gratidão pela experiência como ser humano, reconhecer que estou sempre a aprender e que, ainda assim, em essência, já sou perfeito. O poder da Água Universal convida-me a convocar a minha fluídez, adaptabilidade e resiliência. O Fluxo lembro-me da lei da impermanência, que declara a mudança como algo constante durante a vida. Num processo contínuo de renovação e desprendimento, acompanho os ciclos e ritmos da natureza. Se sou resistente ao fluxo da vida, posso deparar-me com stresses e problemas desnecessários, ou deixar oportunidades passarem desapercebidas. A água é o componente mais abundante do planeta Terra e do corpo humano. A Lua Vermelha hidrata as minhas células, banha o meu o corpo, chora as minhas lágrimas, reivindica a santidade. Acompanho o fluxo da minha alma e celebro as mais incríveis e variadas manifestações da água, da luz do luar, dos oceanos, nuvens e tempestades. Agradeço este recurso precioso. A Lua Vermelha é a semente cósmica da consciência alerta. Consumo esta semente como uma fruta e deixo-a florescer dentro de mim. Estou na jornada da auto-recordação, e se trabalhar com a energia da Lua com atenção e consciência, um estado de mente alerta floresce naturalmente dentro de mim. Auto-recordação significa ter acesso directo à minha presença expandida através de uma intrínseca percepção de unidade; é o reconhecimento de um padrão em grande escala e da minha conexão com ele, geralmente facilitada através dos sonhos e da arte. A Lua também representa um portal ou uma estação de transmissão. Quando me abro para a auto-recordação, torno-me num portal e um receptor da consciência cósmica. Esta comunicação cria a abertura gradual do terceiro olho. Conforme o terceiro olho abre e a minha comunicação torna-se mais refinada, percebo mais sinais a virem para mim. A energia da Lua é de forte receptividade e sensibilidade do mundo exterior. Estou aberto para os ensinamentos vindos do mundo e das outras pessoas. Cerco-me de beleza e positividade, pois estou a receber e a transmitir energias inconscientemente, a todo momento. Purifico-me e limpe-me de elementos e pensamentos tóxicos.

Deixo ir! Absorvo a vida, absorvo novos ares. Sou flexível ao fluxo sem forma do universo. Permito que o meu foco cubra um vasto alcance. Dissolvo sentimentos que me limitam. Acolho a espontaneidade e os desvios inesperados. Desfaço, quebro, misturo tudo! Permito que a minha energia viaje para onde for necessário. Liberto-me de todas as fronteiras, crenças, estruturas e limitações. Sou verdadeiramente livre. Trago a energia da liberação a todas as áreas da minha vida que precisam ser preenchidas com liberdade. Acredito que tudo é possível, que existo num universo ilimitado. Dissolvo todas as formas de pensamento de derrota e hábitos que me tirem o poder. Deixo ir ou abro mão de qualquer coisa que me impeça de fazer brilhar a minha luz.

“Devo purificar e liberar o que está estruturado em mim.”

Kin 89, Lua Espectral Vermelha

Eu dissolvo com o fim de purificar
Libertando o fluxo
Selo o processo da Água universal
Com o tom espectral da libertação
Eu sou guiado pelo meu próprio poder duplicado

 

TOM 11: Espectral (BULUC) – Como libertar e deixar ir?
PODER – Dissolve | ACÇÃO – Libera | ESSÊNCIA – Libertação

SELO 09: Lua Vermelha (MULUC)
PODER – Água Universal |ACÇÃO – Purificar |ESSÊNCIA – Fluxo

 

1 Comment

  1. Geovana
    Maio 7, 2018

    A cada dia mais viva e grata por toda essa informação!

Comments are closed.