Reinício Cósmico: 13 de Julho – Começando Um Novo Giro Galáctico!

No Calendário Galáctico, 13 de julho de 2019 é o começo de um novo ciclo galáctico de 260 dias.
É Kin 1 – Dragão Magnético Vermelho: REINÍCIO CÓSMICO.

Kin 1 - Dragão Magnético VermelhoNo Calendário Galáctico, toda vez que retornamos ao Kin 1, começamos no começo – começamos todo o ciclo de criação de 260 dias novamente, em um degrau mais alto na espiral evolutiva ascendente da existência!

O início deste novo Giro Galáctico é o momento de definir as intenções para a sua próxima jornada de evolução de 260 dias! Alinhe por dentro, esclareça e chame!

Este é um momento particularmente potente, já que este novo giro galáctico começa 13 dias antes do Ano Novo Galáctico em 26 de julho. Um novo começo, seguido por outro novo começo! Mudanças de energia estão em andamento.

Dragão Magnético Vermelho representa as Águas Mãe Primordiais das quais Tudo Nasce. É a vibração da origem; Fonte; Unidade; O Caldeirão do qual Tudo É Gerado… Significa SER ~ NUTRIÇÃO ~ RENOVAÇÃO ~ REINICIAR ~ INÍCIO ~ NOVO INÍCIO ~ RENASCIMENTO!

Somos convidados a afirmar:

Eu nutro o nascimento do meu ser com confiança primordial”.

O que dentro de você está querendo nascer? Começar? Para renovar? O que está pedindo mudança?

O Dragão Magnético também nos chama para aprofundar nosso amor-próprio e autocuidado! À medida que continuamos aprendendo a cuidar de nós mesmos, temos muito mais para dar à vida e aos nossos relacionamentos.

 

Como você se sente em contato com o seu ser interior?

Em nossa sociedade moderna, muitas vezes esquecemos que somos “seres humanos” e estamos muito obcecados em fazer. Pessoalmente, estou em um exame profundo e contínuo de como equilibrar as energias feminina e masculina – yin e yang – sendo e fazendo. Estou aprendendo o quão rico meu mundo interior se sente quando eu tomo tempo e espaço para cair no estado de ser; para recarregar meu corpo e alma, descansando na simples plenitude do meu ser. Para mim, sinto que é ideal fazer isso logo de manhã, antes de eu ser arrastado pelas atividades do dia.

Minha prática de conexão com o Ser é a seguinte: simplesmente sento e sinto meu corpo como um instrumento da vida. Eu sinto minhas raízes aterradas na Terra, e minha espinha reta, e minha coroa alcançando o céu. A partir daí, eu intencionalmente respiro em meu coração, deixando de lado o esforço e o esforço, e me torno totalmente presente. Eu então ofereço minhas orações para o novo dia.

Essa imersão no Ser se tornou uma fonte profunda de fortalecimento do meu espírito, meu corpo e meu coração. Nesse estado de ser, naturalmente relaxo e sinto o pulso criativo interconectado da vida. Eu abro para os potentes reinos interiores onde todas as fontes de ação surgem… eu sinto o poder autêntico de simplesmente me importar com a existência… E eu estou descobrindo como essas emanações de calma, humildade, cuidado, compaixão e gratidão são contribuições vibracionais profundas para mim mesmo e para a teia da vida; como eles informam, elevam, inspiram e refinam minhas ações … Enquanto eu continuo aprendendo a equilibrar minha equação, eu estou descobrindo o quanto minha existência tem a oferecer à vida, e como é encorajador infiltrar-se nisso primeiro, antes de celebrar meu interior energia yang masculina que tem paixão para expressar e criar de forma criativa a realidade… Como todos sabemos, é sempre sobre equilíbrio!

 

O último dia do Dragão Magnético Vermelho foi em 26 de outubro de 2018, portanto, a rotação galáctica que estamos concluindo é de 26 de outubro de 2018 a 12 de julho de 2019. A rotação galáctica repete perpetuamente ciclos contínuos em espiral de unidades de 260 dias. Cada ciclo de 260 dias é um ciclo sagrado de criação; é uma viagem espiralada de tempo que corresponde ao nosso período de gestação humana.

O Giro Galáctico de 260 dias
O Giro Galáctico de 260 dias mapeado como uma Matriz Harmónica das frequências da criação.

Toda vez que chegamos a esse final e momento inicial no Calendário Galáctico, é um momento ideal para ver o que ocorreu em nossas vidas internas e externas nessas últimas nove luas. (26 de outubro de 2018 a 12 de julho de 2019) Sempre que receber esta mensagem, você poderá refletir sobre esse ciclo do Tempo. O objetivo disso é integrar conscientemente e honrar tudo o que passamos nos últimos 260 dias; notar onde crescemos e onde temos mais espaço para evoluir.

Este Reinício nos oferece um poderoso convite para perdoar nossos “erros” ou inadequações do ciclo passado e começar de novo com humildade. Que possamos também estender esta vibração pacífica de compaixão e perdão para Todas as nossas Relações, oferecendo nossos corações e mentes como uma “ardósia limpa” para o Universo para criar novamente.

O Dragão Vermelho representa a Nutrição ~ a vibração primordial da Mãe, lembrando-nos de nos nutrirmos de amor próprio, nutrir uns aos outros com cuidado e ternura, e conscientemente abrir para receber apoio em nossa jornada pela vida, desde o nosso Kin e de nossos aliados e guias.

O Dragão Vermelho nos lembra: O Universo é Abundante com Nutrição para Todos os Seres; Toda a Teia da Vida é Realizada pelo Abraço do Ser Primordial Amoroso que nos anima e nos sustenta. Visitamos esse lugar de abundante benevolência quando nos sintonizamos com nosso silêncio interior, o lugar que precede o pensamento e o conceito – antes da identidade, da dualidade e da agenda. Essa consciência de sentimento é nosso ser; é o pulso da interconexão; nossa verdadeira natureza e lar.

Quando nos lembramos e nos re-arraizamos como seres humanos, voltamos a despertar para o nosso eu essencial. Nós nascemos de novo toda vez que reimergimos na casa do nosso Ser. Ao nos conectarmos com o nosso Ser, nós nos nutrimos sentindo nossa totalidade inerente, e essa conexão interna contínua serve para transformar nossa participação em nosso mundo. Ao nos aterrarmos de novo e de novo no essencial de nosso ser, estamos mais vivos e eficazes nas criações de nossas vidas diárias! Como os mestres védicos prescrevem:

“Estabelecido em Ser, Realize a Ação”.

 

Para acessar nosso Ser, precisamos simplesmente respirar conscientemente e nos tornarmos presentes.

Eu recomendo respirar conscientemente em nossos corações, enquanto sinto nossos instrumentos corporais. Enquanto conscientemente respiramos, simplesmente focalizando nossas mentes em nossa respiração e afirmando “inspirando Eu sou, expirando Eu sou”, então deixamos nossas mentes unirem-se com nossos corpos e nos sintonizarmos com nosso ser repousante, consciente e essencial – nosso poder interno da fonte!

FELIZ NOVO GIRO GALÁCTICO

REINÍCIO CÓSMICO PARA TODOS!


Texto original de Eden Sky, publicado em:
https://galacticculture.wordpress.com/