Sincronário das 13 Luas por Rodrigo Urrea

Calendário das 13 Luas

Primeiro passo para uma nova realidade

Rodrigo Urrea

 

Transcrição: Calendário das 13 Luas

Em 1989, o Dr. José Argüelles
-Valum Votan- descobriu a Lei do Tempo

A Lei do Tempo determina que o Tempo é
o factor de Sincronização Universal

O Calendário das 13 Luas é
aplicação prática da Lei do Tempo

Conecta-nos com o Ciclo Solar,
o Ciclo Lunar e o Ciclo Terrestre

Perfeição e Harmonia perpétua servem para
corrigir a desordem da consciência humana,
devido ao uso dos calendários
irregulares e mecanizados

O seu uso diário é o primeiro passo
para uma nova realidade

O primeiro dia do Ano do Calendário das 13 Luas é
o 26 de julho

Esta data corresponde a
ascenção helíacal da Estrela Sirius
A estrela mais brilhante do céu

A Estrela Sirius foi muito importante
para os Egípcios e Mayas

A data de Sincronização Galáctica, 26 de julho,
foi estabelecida no ano 692 D.C.
no Templo de Edzna, no Yucatan (México)

No mesmo ano em que se dedicou
o túmulo de Pacal Votan

Pacal Votan é conhecido como
o Astronauta de Palenque

Deixou a “Profecia de Telektonon”
que é Matemática do Tempo da 4ª Dimensão

O seu túmulo esteve oculto durante 1260 anos
no Templo das Inscrições, Chiapas/Palenque, no México

A primeira coisa que vemos no
Sincronário das 13 Luas
é uma forma de onda

Esta forma de onda com a letra “G” é
a Onda Encantada do Serviço Planetário

São 13 meses de 28 dias
Cada mês ou lua tem 4 semanas de sete dias

Uma semana Vermelha, uma semana Branca,
uma semana Azul e uma semana Amarela

25 de julho é o Dia Fora do Tempo,
ou o dia número 365 do ano,
em que se celebra o
Festival da Paz através da Cultura

Os sete dias da semana
estão codificados por sete símbolos,
que representam os Sete Plasmas Radiais
ou eletricidades cósmicas, que formam o Prana

Cada um activa um dos nossos Sete Chakras
ou rodas de energia do nosso Ser Etérico

O ciclo de 28 dias é o ciclo biológico da mulher
Elas têm 13 ciclos num ano e, um ano tem 13 Luas Cheias

Os povos indígenas conheciam
a importância da tartaruga
que, também tem 13 escamas que
lembram a magia das 13 Luas

Este nível corresponde a
Ordem Cíclica do Tempo

Os Ciclos do Tempo formam espirais

O Sincronário das 13 Luas é
um medidor da Sincronicidade

O nível seguinte corresponde
a Ordem Sincrónica do Tempo

é a aplicação da Matriz do Tzolkin
ou Módulo Harmónico

Tem 20 Selos Solares e 13 Tons Galácticos

Os 20 Selos são
20 qualidades da luz primária

e os 13 Tons são os
13 sons primordiais do Universo

É uma Matriz de Luz e Som

O Sincronário é como uma Bússola Galáctica
que nos ajuda a navegar na
nossa vida quotidiana
através da lente da Ordem Sincrónica

A Sincronicidade é Lei do Universo

As 13 Luas fazem-nos entrar na Ordem Sincrónica,
que nos abre aos novos padrões de energia

Os Códigos sincrónicos são
a gramática matemática da Telepatia

Cada dia tem um Selo e um Tom que criam
a energia do dia ou Assinatura Galáctica

Quando reconhecemos o fluxo das sincronicidades

Então, podemos começar a ver
os padrões interconectados
com as nossas vidas e na natureza

Situa-te no presente e localiza
em qual dos treze ciclos ou Luas
e em qual dos 28 dias estamos hoje?

Para isso, procura a data de referência
de 26 de julho

Localiza a data do teu aniversário
no Sincronário das 13 Luas

Localiza a tua Lua

Cada Lua tem uma pergunta
e um animal de poder

O Sincronário da 13 Luas é a alternativa
não testada para alcançar a Paz Universal

Existem diversos níveis para nos podermos
conectar com estes Códigos de Luz

Todos este Códigos são conhecidos por
as Harmónicas Celestiais

A nossa realidade está a mudar.
A velha ordem está a dissolver-se

Estamos a despertar um novo Órgão sensorial

O nosso cerebro está começando a ressoar
com a frequência planetária

Este novo Órgão sensorial chama-se
o Perceptor Holomental
e há uma ferramenta conhecida como o Syncronotron

O Sincronário das 13 Luas é
a ferramenta mais importante
porque é a base desta nova etapa
que está a chegar

O Syncronotron é o Compêndio de
Matemática da Telepatia

mas isso é outra história

Muito Obrigado

Um abraço para todos

In Lak’ech
(Eu Sou o Outro Tu)