Décima Primeira Onda Encantada do Macaco Azul

INFORMATIVO 13 LUAS

Alfa, 12 da Lua Elétrica do Veado, ano Semente Cristal Amarela.

Selo 11 Macaco AzulDécima Primeira Onda Encantada do Macaco Azul

PODER DA MAGIA

(1 à 13/10 – 2017)

Esta Onda Encantada, pertence ao Castelo Azul Oeste do Queimar. Corte da magia; poder de dar a volta.

Anel Interno: GÊNESE DO MACACO.

Célula UM da memória da Gênese: gênese da transmissão.

A tribo do Macaco Azul transforma o queimar pelo poder da Magia; recordada a verdade de Vênus Solar.

Palavras chaves do Macaco Azul:
Brincar – Ilusão – Magia.

Propósitos deste período:
Ser mais flexível, dominar a mente, realizar transformações e seguir a intuição.

Este período trás uma tendência a ilusão. Procure ser mais flexível, relaxar e se descontrair, e fique atento para não cair na ilusão. Todos nós escolhemos estar aqui, agora, neste planeta para despertar e ajudar o outro em seu despertar e como despertar entenda-se não separatividade; não para viver cada momento limitado às suas próprias convicções, como se fossem verdades únicas e absolutas, pois agindo assim você não consegue aprender muito e só produz separação. Procure escutar o ponto de vista do outro. Cada um trás uma verdade implícita em si mesmo que ajuda no desenvolvimento evolutivo do indivíduo e do planeta. E mesmo que você não concorde, pelo menos escute a mensagem que tem para você. Escutar e ver de que forma se encaixa ou acrescenta às suas crenças, é muito interessante. Às vezes é preciso admitir estar errado e o que você tinha como sua verdade pode não passar de uma armadilha do ego. Fique atento, pois esse período mexe um pouco com o processo de rigidez interna. Use a magia do macaco para, fazendo uso do conhecimento de si mesmo, transformar os momentos sombrios em flashes de luz. Procure tornar sua vida mais bonita, pela compreensão de que atualmente estamos aqui para fazer e dar o melhor de nós mesmos para sermos um planeta melhor, então, comece por você. Se algo lhe aflige é porque você precisa aprender alguma coisa a mais para o seu crescimento interior, para ser um indivíduo melhor. Existe toda uma Fraternidade Galáctica, composta de seres de luz que estão apostando em cada um de nós. Você não vai querer decepcioná-los, pois eles acreditam em você. Então renda-se ao próprio Universo de possibilidades e deixe fluir. Observe como você é conduzido em situações ilusórias, que fazem com que você construa uma visão errônea, a partir do ego. Permita-se ver além dessa aparência imediata e amplie sua visão. O maior pecado do ser humano é se limitar. Seja você, quem mantém o comando de sua própria mente. Fazer qualquer investida, com a mente limitada e a visão ofuscada, não é o melhor caminho. É preciso manter-se sempre no comando de si mesmo, para que seu olhar atinja todos os campos, possibilitando um “voo” seguro. E este período trás a facilidade para se brincar mais e para ver mais além. Manter-se relaxado e atento é imprescindível nesse momento de sua caminhada para não perder energia e parar no meio do caminho. Faça algumas modificações na sua maneira de agir e pensar, para que sua energia não seja drenada por um estresse ou situações conflitantes. Procure sua própria forma de autogerar energia para saber lidar com profundas mudanças que poderão ocorrer e mesmo assim, manter o equilíbrio interior. Além disso, o mais importante é: não deixe de correr atrás dos seus sonhos. Vá mais além seguindo sua intuição, pois ela é seu grande farol, mas, siga de forma consciente sabendo o que quer, onde e como realizar, assim, você cria abundância do que mais precisa.

 

Desafios: (O que deve ser aprendido?):
Estabilizar sua sabedoria, equilibrar a intrepidez e produzir vida.

Este é um período mágico, mas há uma tendência a ser influenciado, de forma negativa, pela opinião alheia e, isso pode levar a um estado emocional de oscilação, diminuindo sua energia; fique atento, pois, as oportunidades chegam a todo instante lhe ajudando a transmutar os estados negativos do ser. Permita-se receber apenas as influências positivas. Mantenha a sua sabedoria estabilizada, dando e recebendo conselhos que permitam um nível energético mais elevado. Escute seu Eu interior. Evite falar sem pensar, reflita sempre antes de pronunciar alguma palavra. Este período trás o desafio de aprender a usar a livre vontade, com sabedoria, e isto é expresso através das palavras. Assim, procure não se impor de forma autoritária e respeite o livre arbítrio de cada um. Organize-se para receber os questionamentos que abram seus caminhos para uma nova energia, mais sutil e elevada. Confie em si mesmo, em sua voz interior. Poderá haver momentos em que você ouvirá essa voz e não entenderá sua mensagem, por isso é necessário durante este período de 13 dias, que você fique atento a essas mensagens, vindas do seu subconsciente, fazendo questionamentos mais precisos, traçando estratégias para combater, corajosamente, os sentimentos negativos, qualquer um que apareça, pois eles são criados pelo ego, como forma-pensamento densa, para bloquear seu caminho, dotando você de falta de confiança. Então, use sua inteligência e equilibre sua força de vontade, tomando decisões e assumindo, conscientemente, o seu lugar no mundo. Procure se aperfeiçoar para receber iluminação cósmica e expandir esses raios de luz na totalidade do vazio da vida de outros seres, preenchendo-a com o fogo universal que transmuta o que é negativo, libertando a maestria do ser divino de cada um, produzindo a pura essência da vida, que é a luz e combatendo os grandes apagadores de luz: o medo, a inveja, o ódio e a ansiedade.

 

Qual é a ação? (O que fazer?):
Estar vigilante, evoluir e libertar o ser.

A magia do macaco faz ativar oportunidades para buscas mais profundas. Aproveite para explorar outros espaços, com a atenção voltada para não haver muita dispersão. Todo momento escutamos alguém falar para estar vigilante, porém, uma coisa é ouvir, e outra, é fazer. Ultimamente estamos recebendo uma grande quantidade de mensagens e informações através, principalmente, da Internet, porém, o que é realmente verdade, ilusão ou apenas o aproveitamento da credibilidade alheia para inundar a mente de medo e mantê-la fora do seu próprio comando? Então, é preciso receber essas mensagens com o coração e a visão aberta a busca da verdade, pois essa exploração de espaço, pode ser muito perigoso, podendo lhe conduzir ao medo, superstição e/ou descrença total acerca de tudo. Por isso, nesse período de influência da magia do Macaco, é necessário ficar atento aos sinais que vêm do seu Eu interior, pois só ele sabe discernir a realidade, da ilusão. Não permita que o ego, que foi construído através de conceitos variados acerca de tudo, conduza sua vida. Concentre sua atenção nos sinais, nas sincronicidades, e permita a evolução das coisas, em sua vida. Evite deixar as coisas estagnadas. A inércia nos momentos que mais se tem que agir é sinal de desistência da evolução e isso só vai atrasar seu caminho, mantendo seu ser na densidade. Liberte-o e deixe-o transitar em dimensões mais sutis. Procure se nutrir de confiança em si mesmo para realizar seus projetos com a convicção de que alcançará seu objetivo por estar de acordo com a ordem cósmica. E, acima de todo o desejo de realização, que esteja o desejo de ser realmente quem você é. Libere este ser real que está além desse ego imediato e se permita realizar o maior dos sonhos, que é o de simplesmente ser.

 

Qual a melhor forma de agir? (Como fazer?):
Estar receptivo, refletir e se expressar.

Procure manter-se conectado ao momento presente sentindo a magia de ser e, estando atento e receptivo a tudo o que se passa interna e externamente, estar receptivo não é simplesmente receber tudo sem questionar, mas saber separar o que é denso do que é sutil, para que não se perca no vazio da densidade tridimensional, que lhe mantém preso a um falso tempo, onde o passado ou o futuro é a ordem do dia. Esteja plantado no aqui, agora, aproveitando a magia de se estar presente em cada momento seu e do planeta. Mantenha a ordem de tudo em sua vida concentrando-se para não se dispersar. Reflita bastante antes de tomar qualquer decisão e, também procure ser o reflexo da luz superior para ajudar na sua evolução, na do outro e na do planeta. Até que ponto você está integrado ao seu verdadeiro centro? Lembre-se de que cada vez que você se desconecta de si mesmo, mais de mil conexões são feitas, sem que você se dê conta. Como saber se certo pensamento, ideia ou desejo, que chegou até você, veio da mente superior através de seu ser interno, ou de alguém que simplesmente passava na rua ou estava em seu ambiente e você se sintonizou e captou? É preciso refletir sobre a fonte originária para que você não venha a se tornar mero receptáculo de informações alheias. Então, é preciso manter a mente em ordem e, se dissolver numa comunicação interna mais límpida, pois estamos atravessando um momento planetário em que há muita poluição mental e é preciso estar conectado a si mesmo para não embarcar na viagem do outro, sem uma devida análise. Procure se expressar de forma clara, universalizando sua comunicação, para cooperar com a evolução do planeta.

 

Voo Mágico (Qual é a saída?):
Transcender a intuição.

Devido às atribuições do dia a dia, deixamos de estar atentos a nossa intuição, mas é preciso observar mais, pois estes “toques” vindos do centro do ser querem nos sinalizar algo. Este período vem abundante de intuições. Preste mais atenção, pois pode estar inserida a forma para realizar seus sonhos. Não importa o quanto difícil de alcançar, possa parecer, se ele é guiado pela energia divina, está envolto em luz e, longe do desejo do ego, então lute por ele. Insista em sua realização seguindo sua intuição e ouse ir além, assim, haverá abundância de caminhos para a sua concretização.

 

Meditação Vinal

(O Vinal é um período de 20 dias, onde uma frase é dada para meditar).

Meditação Vinal (de 24/9 à 13/10): Zotz – “Com base no conhecimento…”

 

Para Refletir

“Para ser um Mago da Terra é preciso ser a Terra! Nenhum vestígio de medo; nenhum vestígio de rancor; nenhum vestígio de orgulho; nenhum vestígio de autopiedade. Mas, sim: todos os vestígios de Coragem, Auto Compreensão, Perdão e Amor Incondicional”.

 

In Lak’ech! (Eu sou o outro você)

Interpretação: Iara Moraes

 

Musica Meditativa

 

Musica: Martin Kuipers