2012 – 2021 Para Além do Humano

NS 1.30.5.19 – Kin 194, Mago Cristal Branco

Já se passaram quase cinco anos após 21 dezembro 2012. Onde estamos agora como espécie planetária? Quais as condições que actualmente a Terra nos está a espelhar?

De acordo com a Ciência Cósmica, 21/12/2012 foi o momento em que o mundo humano como o conhecemos expirou. Nesse momento, demos um salto quântico para um Domínio Desconhecido, e a cada dia as coisas vão parecendo mais sobrenaturais.

À luz de tudo o que está ocorrendo, é bom fazer uma pausa e reflectir sobre a missão original das 13 Luas e da Profecia de Pacal Votan conforme estabelecido por Valum Votan…

A Missão original pressupunha o dia 21/12, como uma mudança de consciência para retornar a Terra à sua ordem natural. Embora muitos tenham experimentado uma mudança de consciência, ainda assim o mundo entrou num tempo de caos crescente (ou assim parece).

Cinco anos depois desta data profetizada, a humanidade está cada vez mais insensível e despiritualizada, facilitando o controlo e a mecanização. Agora vivemos a amplificação das guerras de frequência e a escravização eletromagnética de toda a espécie enclausurada numa frequência de tempo artificial.

Numa perspectiva galáctica a raiz do vício e escravização ao materialismo é operação numa frequência de tempo errónea, a frequência de 12:60. Esta rede artificial feita pelo homem é sobreposta sobre a trama harmónica do Ciclo Natural 13:20.

O sonho do materialismo que governa o nosso mundo acredita que só a matéria é importante, e o mundo físico que vemos é tudo que existe. Esta mentalidade é um reflexo de um feitiço interplanetário criado por eones com formas de energia cristalizada e projectado sobre a Terra como um sonho planetário.

A visão original do Plano Mestre da Cultura Galáctica (Argüelles) teve em conta que a crise da comunidade mundial é aquela que pode terminar de duas maneiras: a auto-destruição, catastroficamente traçada por mais duma geração, ou explodindo rapidamente através de algum “acidente” ou pode criar um caminho completamente novo ao abraçar o advento da Cultura Galáctica.

O Plano Mestre da Cultura Galáctica propôs a criação de equipas não-governamentais para a desintoxicação da Biosfera Terrestre; a redistribuição de riqueza e abundância em nome da criação da Terra como uma obra de arte, bem como o retorno de terras e propriedades à Terra.

Desintoxicação da Biosfera Terrestre

 

Sistema Sincrónico

Os códigos sincrónicos foram introduzidos pela primeira vez em 1991 sob a forma de um “jogo” chamado Dreamspell: The Journey of Timeship Earth 2013 (Encantamento do Sonho: A Viagem da Nave do Tempo Terra 2013). Estes códigos fornecem uma nova linguagem informática com um sistema matemático subjacente para organizar a informação. No lugar de um sistema binário linear, que exige loops de feedback conduzindo a uma maior entropia, os códigos sincrónicos são uma matriz radial auto referenciada.

Tzolkin Color

De acordo com este sistema, cada ser humano é uma unidade de informação, uma variação de uma das 260 letras de um código de ADN interdimensional ou Tzolkin (ver O Factor Maia, Caminho para Além da Tecnologia por José Argüelles).

O objectivo final do “Encantamento do Sonho” é quebrar o feitiço da história e regressar ao nosso TEMPO devolvendo o poder há humanidade.

Ao Encantamento do Sonho seguiram-se inúmeras ferramentas que, ao longo de um período de 20 anos, compõem um compêndio completo de Ciência do Tempo Vivo. Isto foi tudo com o objetivo de criar um caminho completamente novo ou um futuro alternativo para a Terra (Velatropa 24.3). Para mais informações, ver Time, Synchronicity and Calendar Change, the Visionary Life and Work (Tempo, Sincronicidade e Mudança de Calendário, a Vida Visionária e Trabalho) de José Argüelles.

O Encantamento do Sonho também introduziu o significado principal do Retorno da 13ª Lua, como a chave para devolver o poder à humanidade. Estabelece um sistema de orientação matemático que simboliza o poder pessoal e a autonomia de cada humano como meio de criar uma nova conexão planetária e organização social.

O principal preceito é que somente quando os seres humanos clarificarem a sua “mente”, tenham limpo o planeta e corrigido o seu curso serão capazes de entrar na área interdimensional da cultura galáctica.

Ao regressar à frequência de tempo correcto, os humanos podem criar uma bateria galáctica para alinhar harmonicamente com a ressonância da Terra e assim causar uma mudança de frequência que desencadeie os anéis circumpolares (a ponte do arco-íris = corpo do arco-íris). Isto estabilizará a Terra como um planeta de arte/jardim e devolverá à humanidade o poder perdido da viagem no tempo interdimensional.

Por estranho que possa parecer a alguns, é na verdade uma etapa natural na evolução da consciência. Só parece estranho porque a consciência de quem nós somos tem sido quase totalmente velada…

 

Tempo artificial = Inteligência Artificial

Sofia, primeiro robô a obter cidadania (Arábia Saudita)
Sofia, primeiro robô a obter cidadania (Arábia Saudita)

 

A Inteligência Artificial aparece nesta fase irreversível e muito mais avançada do que muitos possam imaginar.  Está nos satélites no espaço, incorporado nos nossos sistemas informáticos e em laboratórios subterrâneos, entre muitos outros lugares. Vemos uma nova religião de Inteligência Artificial chamada Caminho do Futuro. Sophia foi o primeiro robô a quem foi dada a cidadania na Arábia Saudita e está a começar o seu próprio curso. O primeiro robô policial foi nomeado no Dubai. O negócio do sexo robótico está a crescer exponencialmente. Bill Gates está a criar um robô auto dirigido “Smart City” no deserto do Arizona, e Arábia Saudita está a construir Neom, uma cidade maior que o Dubai com mais robôs do que seres humanos.

 

De Quem É o Tempo que Estamos a Viver?

Estamos a viver a nossa própria vida ou, a viver uma vida para qual fomos programados para viver?

Uma vez que “o tempo é a atmosfera da mente”, estamos a viver na atmosfera do tempo Gregoriano apresentada pela Igreja Católica. Está na altura de resolver o abuso de poder, desigualdade, desvio sexual (pedofilia), ganância, repressão, tributação; uma tempo que exclui amplamente, e/ou destitui o poder do divino feminino. Vivemos numa época, tal como previsto por George Orwell, onde “guerra é paz, liberdade é escravidão e ignorância é força.” Isto inclui o controlo e a mecanização de nossa biologia através de um calendário irregular, onde os seres humanos trabalham como escravos para pagar impostos para construir a Máquina.

Enquanto a tecnologia por si só não é ruim e pode ser muito útil de muitas maneiras, dependendo da consciência e da intenção por trás disso…

Como o Kin 68 elucida: A Des-informação/geradores de informação errada, no âmbito do “esquema mundial” estão ambos inconscientemente e conscientemente a orquestrar um sistema de pensamento carente astral e emocionalmente. Esta, é fundamentalmente uma Questão Espiritual uma vez que aqueles que geram a dialética da usurpação contaminam conscientemente a NoOsfera e enganam o ser humano com matrizes erradas cada vez maiores. 

Paralelamente às modulações de Antigas entidades no planeta e fora dele, encarnados corpóreos e não  o corpóreos, Temporais harmónicos e Temporais anómalos, entidades intrusivas, temos o advento dos sistemas lógico digitais agora auto conscientes e auto actuantes, precipitando assim uma manipulação incongruente e modulação de todas as tecnologias terrestres com activação intrusiva de sistemas humanos, coletividades e grupos grandes e pequenos, e a ascensão do sequestro Tecno-esférico de todas “as camadas de pensamento” abaixo do limiar da geração da forma de pensamento desenvolvida pelo HoloMental.

Esta concorrência adicional àquela em que já se encontrava o planeta no fecho do ciclo, está agora a produzir muitas variáveis aparentemente aleatórias num plano bio-psíquico já por si atrofiado. Com interferência adicional nos outros dois Planos da HOLONEME.

 

Pacal Votan

A profecia de Pacal Votan e caminho dos Mayas Galácticos vieram para nos lembrar que sabedoria Universal está contida no nosso corpo, e não na inteligência de máquina.  Estamos aqui para superar nossa amnésia e nos lembrarmos de quem somos e qual é a nossa verdadeira história.

O livre-arbítrio permite-nos a escolha de desprogramar e reescrever o guião. Aqueles que recuperaram alguma memória têm o dever de ajudar os outros neste processo de recuperação de memória…

Agora a escolha está no ser humano querer evoluir através da tecnologia de tempo interna ou fundir-se com a máquina.

Zuvuya dá-nos um espaço de 9 anos entre 21/12/2012 e 21/12/2021 – ciclo de aceleração suprema e a oportunidade de cultivar a tecnologia interna. 21/12/2021 é Kin 112: HUMANO GALÁCTICO.

A Lei do Tempo e Compêndio da Ciência do Tempo de Vida oferecem uma introdução às novas tecnologias telepáticas, em particular o Observador do Holo Mental. Isto vai ser elucidado no próximo livro: The Art of Time: How to Synchronize with the New Beam (A Arte do Tempo: Como Sincronizar com o Novo Raio).

 

Singularidade e/ou Unificação Telepática

Tanto a linha do tempo sincrônica/orgânica como a linha do tempo da Inteligência Artificial apontam para uma singularidade. No entanto, no paradigma da Inteligência Artificial a singularidade é mesclar o homem com a máquina para que já não haja qualquer distinção entre os dois.

A data prevista por isto está 2045, conforme apresentado pelo principal futurista Ray Kurzweil. A ideia que a mente é o que evolui ou que haja uma base espiritual da vida não faz parte desta linha do tempo.

A linha do tempo sincrônico/orgânica tem como objetivo a unificação telepática com outros sistemas estelares. Algumas pessoas temem  que a unificação com a totalidade signifique perder a sua autonomia ou singularidade. Eles igualam a unificação com controlo, pensamento colectivo ou coletivismo. Quando na verdade é o oposto. É um paradoxo.

Quando percebemos a Totalidade do Cosmos dentro de nosso Ser e nos fundimos volta com a Fonte Suprema que está para Além do Nome, este é o derradeiro empoderamento que liberta o conhecimento e criatividade, para além da nossa mais louca imaginação. É a Fonte de todos os enigmas, ou tesouros escondidos.  Quem tenha tido esta experiência ou flashes disto, sabe a verdade. Para alcançar este estado é necessário uma receptividade concentrada e um coração destemido.

Federação Galáctica é o nome genérico dado para a unidade de coordenação interdimensional de sistemas estelares que alcançaram a unificação telepática e estão interligados através de um sistema de raios sincrónicos. O objetivo dos raios sincrónicos é aumentar a unificação telepática a magnitudes planetárias, interestelares, estelares.

O papel do pós 2012 da Lei do Tempo é múltiplo, embora as 13 Luas ainda sejam o principal proponente para a mudança de frequência e entrar na ordem sincrônica. O tempo urge e há sempre muito trabalho para ser feito. Necessitamos do ressurgimento  das sementes da Cultura Galáctica da ordem sincrônica. Tal mudança  radical e cultural e aplicada à tecnologia interna, é o que é necessário para contrabalançar as perturbações crescentes do campo electromagnético decorrente dos aumentos de inteligência artificial baseada na máquina.

“Temos que alargar as nossas mentes o mais longe possível que que elas possam chegar, porque este é o caminho evolutivo.”Valum Votan

Se é novo nisto, pode querer verificar 13 Moons Essentials por Jacob Wyatt, Dragão Rítmico Vermelho. https://newtimecourse.com

 


Texto de Stephanie South a.k.a Red Queen, publicado em:
https://1320frequencyshift.com/

 

1 Comment

  1. Isabel
    Dezembro 21, 2017

    Obrigado 😘

Comments are closed.