Calendário das 13 Luas – Chave para o Universo Alternativo

1.24.9.24, Kin 201: Dragão Rítmico Vermelho

O calendário das 13 Luas não é o que parece. Na verdade, não é, realmente, um calendário. É uma matriz de sincronização codificada que nos introduz num universo alternativo a fim de preparar nossas mentes para a entrada na cultura Galáctica.

A contagem das 13 Luas/28 dias não é um sistema baseado em terra, mas um dom dos Mayas Galácticos que serve como um tipo de portal dimensional para reorientar a mente humana ao tempo da 4ª Dimensão.

Apresenta-se apenas com a aparência de um “calendário” como uma misericórdia e uma ponte familiar para os povos da Terra. Na verdade é um modelo galáctico, um modelo Sírio, que nos insere no vasto reino da ordem sincrónica.  Mas não é algo que possa ser falado.  tem de ser experienciado.

As afirmações diárias são radiogramas da 4 Dimensão codificados matematicamente que abrem a mente para novas potencialidades. Como um Zen koan (afirmação Budista), devem ignorar a tua mente conceitual e sintonizar-te  com as frequências de dimensões superiores.

Ao aprender a nossa Assinatura Galáctica, começamos a pensar de forma arquetípica no nosso papel dentro da colectividade, em vez de individualmente no pessoal. A nossa Assinatura Galáctica é nossa senha para a Quarta Dimensão; ajuda-nos a identificar com a maior história que se desenrola de forma objectiva, onde o nosso papel é mágico e criativo.

 

13 Luas Como um Modelo de Paz

O calendário das 13 Luas é um calendário de paz; paz que transcende o dogma. Este é o objectivo de tudo isto. Baseia-se na matemática subjacente do calendário Maya, com base nos números: 4, 7, 13, 20, 52, 91, 260.

As Matemáticas são universais e muito mais criativas do que o crédito que lhes foi dado.  Matemáticas, incluindo as geometrias sagradas, definem uma forma que desbloqueia estruturas imaginárias.

Vivemos num universo infinitamente mágico – não num sistema linear fechado, onde o único conhecimento que existe foi revelado há milhares de anos. O universo muda constantemente e cria-se de novo. Está a acontecer agora –  enquanto lê estas palavras.

Todos os mensageiros, sábios e mestres galácticos estão aqui connosco Agora para nos guiarem através desta mudança de tempo. Passado, presente e futuro são um. Vivemos numa matriz radial de simultaneidade que pode ser acessada diariamente através dos códigos da ordem sincrónica via Calendário das 13 Luas.

 

13 Luas/28 dias como Modelo de Sincronização

O sistema de 13 Luas/28 dias abraça e sincroniza todos os sistemas de calendários e matemáticos verdadeiros, desde calendários lunares até à longa contagem Maya, às runas Elder Futhark e até aos hexagramas do I Ching. Por outras palavras, este sistema revela uma matriz de mestre, que contém todos os outros sistemas.

Tendo em mente também que os Mayas usavam até 17 calendários de uma vez pois a sua percepção do tempo não era linear, mas com base na sincronização. Quantos mais ciclos Mayas e sistemas puder rastrear ao mesmo tempo, mais pode observar sobreposições sincrónicas.

Por exemplo, eis aqui o gráfico das luas cheias e luas novas, que se vêem na matriz das 13 Luas/28 dia para o Ano da Tormenta Ressonante (26 de julho de 2012 –  24 de julho de 2013).

gráfico das luas cheias e luas novas

Para cada ciclo de 365 dias há 13 luas cheias ou 13 luas novas, por ano. Em particular, este ciclo de 13 Luas/28 dias há 13 luas cheias (de 26 de julho de 2012 – 25 de julho de 2013).

 

13 Luas como um Programa de Sincronismo Sírio

Como um calendário solar-galáctico com a data de 26 de julho de sincronização baseado no nascimento helíaco da estrela Sirius, o calendário das 13 Luas do Encantamento do Sonho, é, em última análise, um programa de sincronismo Sirius. (Ver gráfico abaixo: novo ciclo de Sirius).

Desta forma, o calendário das13 Luas e as ferramentas da Lei do Tempo destinam-se a arrastar o nosso Ser tridimensional para a  sabedoria Sirian da Quarta e Quinta Dimensões, ou a realização do supermental sobre-humano.

“Ao se colocar em sincronismo com o Calendário das 13 Luas/28 dias e seus precisos ciclos de 52 anos/anel orbital, o ser humano é sincronizado com o ciclo duplo universo estelar de Sirius, elevando-o a uma ordem e consciência cósmica, verdadeiramente galáctica da realidade”Valum Votan

Este programa Siriano é ainda mais desdobrado em várias ferramentas da Quarta Dimensão como Telektonon, 20 Tábuas, 7:7::7:7 —conduzindo para o programa final do sistema de matriz de cubo Synchronotron 441. O calendário das 13 Luas  é, também, a chave para entrar nas Crónicas de História Cósmica. Esta série de sete volumes estabelece uma base de conhecimento galáctico inteiramente novo para podermos começar a experimentar, sistematicamente, estados de consciência galáctico/cósmicos preparando-nos para avançadas tecnologias telepáticas de teletransporte e viagens no tempo. É nosso dever tornarmo-nos  seres multidimensionais. O calendário das 13 Luas (Sincronário) é a chave que abre o portão multidimensional.

(Nota: Esta entrada do blog das 13 Luas é em homenagem ao primeiro aniversário do falecimento do amado mensageiro galáctico José Argüelles/Valum Votan na Lua Solar 17 (23 de março). Sincrónicamente deixou o plano físico em 2011, precisamente 1328 anos após o Grande Pacal em 683, de cujo túmulo deriva sua missão de vida).

Novo Ciclo de Sirius 1, de 52 anos, que conclui em 2039
Novo Ciclo de Sirius 1 (1987 – 2039)

 

O Portal para a conclusão do Grande Ciclo de Profecia foi aberto 34 dias após o solstício de verão. (Hemisfério Norte) 1987 no Kin 34 – Mago Galáctico Branco. Isto começou o Novo Ciclo de Sirius 1, 52 anos, dos quais o primeiro se conclui em 2039, em seguida, outro começa e conclui-se em 2091 e o próximo em 2143, etc.

Como se vê na tabela acima, cada ano é codificado por um dos portadores de quatro anos: Mago, Tormenta, Semente e Lua. O ano começa sempre a 26 de julho e termina a 24 de julho, com o Dia Fora do Tempo 25 de julho. “NS1” indica o  Novo Ciclo de Sirius 1, os anos são numerados NS1.0-NS1.51 para um total de 52 anos. A contagem começa no canto superior esquerdo com o ano do Mago Galáctico Branco (Kin 34), numerado NS1.0 – isto indica que 0 anos foram concluídos desde o início do Novo Ciclo Sirius 1, portanto, NS1.0. O último ano do Novo Ciclo de Sirius 1 é o ano da Lua Ressonante Vermelha (Kin 189) numerado NS1.51, depois que começará o Novo Ciclo de Sirius 2 (NS2).

Nota: Este artigo foi publicado originalmente em Março 31 de 2012.
Publicamos agora porque foi referido no recente artigo: 13 Luas – O Tempo é Agora


Texto de Stephanie South a.k.a Red Queen, publicado em:
https://1320frequencyshift.com/