Meditação do Ponte Arco-íris

Dia Fora do Tempo

Ponte Circumpolar Arco-írisSe estiver em grupo, façam um círculo, se possível sentados no chão com as pernas cruzadas. Respire profundamente algumas vezes inalando o que for negativo, transmutando-o dentro de si exalando o que for positivo e purificado. Depois feche os olhos. Visualize que está no centro da Terra e visualize o núcleo gigante de cristal octaedro. Quatro faces do cristal têm a terminação em ponta na direcção do eixo polar Norte. As outras quatro reúnem-se num ponto alinhado com o eixo polar Sul. Em volta do cristal octaedro gigante está a membrana interior da Terra, como um tambor ressoando na superfície da parte externa da Terra. A metade do Norte do cristal tem duas faces vermelhas e duas brancas; a metade do Sul tem duas faces azuis e duas amarelas.

Agora entre no cristal. No centro deste cristal gigante há um ponto intensamente fulgurante de luz branca. Uma coluna ou eixo etérico de luz estende-se de Norte a Sul, do ponto central fulgurante, pelas extremidades do octaedro indo para os pólos Norte e Sul no exterior da Terra. Ao redor deste eixo vertical etérico, magnético, de luz existem dois tubos de fluxos entrelaçados pelos quais a energia plasmática passa continuamente. Movendo-se em espiral em torno de cada um, como duas hastes de DNA, os tubos de fluxo têm a cor azul e vermelha. Estes emitem plasma – íons carregados electricamente – para o ponto fulgurante no centro da Terra.

Em sequência, ao redor do lado do eixo Norte dessa coluna de luz, com os dois tubos de fluxos entrelaçados, está o átomo de tempo vermelho. Ao redor do eixo Sul de luz está o átomo de tempo azul. Os átomos polares de tempo vermelho e azul giram em direcções opostas: o átomo de tempo vermelho do lado Norte gira na direcção horária e o átomo de tempo azul do lado Sul na direcção anti-horária. Os átomos de tempo consistem de sete pontos: um ponto central, dois pontos em cada extremidade do eixo vertical, e dois pontos cada – quatro pontos no total – equidistantes de cada um em cada lado do eixo central. Os seis pontos exteriores dos átomos de tempo têm quase o formato hexagonal, de uma figura de seis lados.

O plano gravitacional do cristal octaedro emana horizontalmente do centro luminoso fulgurante do cristal, estendendo-se para os quatro pontos que marcam as pontas do cristal onde se encontram as quatro faces do lado Norte e as quatro faces do lado Sul. O plano gravitacional que liga estes quatro pontos é como a base de duas pirâmides – uma pirâmide estende-se dessa base com quatro faces para o ponto Norte do octaedro e as outras quatro faces para o ponto Sul. Ao longo desse plano gravitacional, estão mais dois átomos de tempo, exactamente em oposição um ao outro: um branco e outro amarelo. Estes dois átomos de tempo gravitacionais têm exactamente a mesma construção dos átomos de tempo polares, vermelho e azul, excepto que os seus dois pontos axiais estão alinhados com o plano gravitacional, margeando os seus lados como estavam e perpendicular aos átomos de tempo polares. Estes átomos de tempo branco e amarelo giram como rodas de pá fazendo um movimento lento circular anti-horário, da esquerda para a direita, ao redor do ponto central da luminosidade fulgurante.

Uma vez que tenha visualizado o núcleo de cristal octaedro da Terra com as suas oito faces, os quatro átomos de tempo, a coluna etérica de luz e os dois tubos de fluxo, então visualize que do centro do cristal uma corrente de luz multicolorida preenchida de plasma se projecta para ambas as direcções dos dois pólos da Terra. Agora dirija-se do centro da Terra para um ponto fora no espaço de onde pode ver toda a Terra. Enquanto vê o cristal octaedro no centro da Terra nos pólos Norte e Sul a corrente de luz projecta-se para fora para se tornar uma grande e dupla ponte de arco-íris – o alternador do dia e o alternador da noite do campo magnético da Terra que se faz visível. Duas correntes de arco-íris ligam os pólos Norte e Sul da Terra, exactamente a 180º graus distantes uma da outra. À medida que a Terra gira lentamente ao redor do seu eixo, esta ponte de arco-íris mantém-se firme, constante e imóvel.

Quando completar esta visualização pegue em toda a Terra girando sob a ponte de arco-íris e coloque-a no seu coração. Imagine as duas correntes de luz projectando-se pela sua coluna vertebral, acima da sua cabeça e abaixo dos seus pés. Agora elas formam uma ponte de arco-íris semelhante, ao redor do seu corpo, alinhando a sua aura. Agora a Terra e você são um.

A Ponte de Arco-Íris da Paz Mundial é real. Existe uma ciência por trás de tudo isto. O que existe primeiro na imaginação, sendo visualizado por um número suficiente de pessoas, numa onda telepática de amor, no devido tempo se tornará realidade.